Quadri/ATV/UTV

Território Motorsport é campeã e vice-campeã do Rally Jalapão/Sertões Series

Vitória de Bruno Conti/Fausto Dallape na categoria UTV Extra (Doni Castilho/DFotos)

Após quatro dias intensos do mais puro Rally Cross Country, em meio a região de São Félix do Tocantins e no interior da Bahia, terminou no sábado (19), o 7º Rally Jalapão/Sertões Series, em Vila Panambi, distrito de Formosa do Rio Preto (BA). A Território Motorsport  começou a abertura do Campeonato Brasileiro com saldo positivo: dois pódios. Bruno Conti/Fausto Dallape #161 foram Campeões na categoria UTV Extra e a dupla Lélio Júnior/Weberth Moreira #139, vice-campeã na UT3. Já Roberto Keller/Flavio Bisi #106 fecharam o rali em 7º na UT2.

Na última etapa, o trecho cronometrado (Especial) foi reduzido de 212 para aproximadamente 149 km, quando os competidores largaram de São Félix (TO). Os três UTVs completaram com êxito o quarto dia de disputas: Conti/Dallape venceram na UXT (1h45m40s), Keller/Bisi em 9º na UT2 (1h45m20s) e Lélio Júnior/Moreira completaram em 3º na UT3 (1h47m59s).  O rali contou com 99 veículos, destes, o maior grid era dos UTVs com 56 duplas, além de motos, quadriciclos e carros.

Conti vem evoluindo sua pilotagem e segue os passos do pai, Rodrigo Luppi. Em sua terceira temporada nos ralis, o jovem de Vinhedo (SP) já conquistou duas vitórias em 2021. Foi Campeão do South American Rally Race (SARR), na UTV T3.2, em fevereiro, na Argentina e, agora, abriu o Campeonato Brasileiro com vitória. “Fico feliz com o resultado e essa edição conseguiram fazer uma prova muito boa, bem diferente do ano passado, gostei demais. Queria me divertir, encontrar os amigos e com foco no  desenvolvimento do UTV, pois esse é o segundo rali que ando com ele, então estou me adaptando e foi bem proveitoso esses dias em São Félix”, afirma Conti. Para Dallape que há 15 anos compete no Jalapão, sobretudo durante o Sertões, as Especiais na região sempre são instigantes e cheias de superação. “Tenho muitas histórias aqui e essa edição foi a cara do Jalapão, apesar de às vezes cansativa, muito prazerosa. E é bem interessante ver a evolução da pilotagem do Bruno.”

Dupla goiana Lélio Júnior/Weberth Moreira foi Vice-Campeã na UT3

“A última etapa, apesar de curta, foi bem Jalapão mesmo, piso ruim, muita areia, buracos, mas boa como gostamos. Mais uma edição concluída e com pódio. Foi importante para testarmos o novo UTV, nos adaptarmos e seguimos nossa estratégia de completar o rali sem correr riscos”, conta Lélio Júnior. Além de aprovar o novo equipamento, o piloto de Goiânia (GO), destacou: “Fiquei impressionado com a General Tire, tem um grip (aderência) muito bom, segura bem o carro. A maioria teve dois até três pneus furados, nós nenhum e terminamos os quatro dias com eles inteiros”. E o navegador faz um balanço. “Foi uma das melhores provas que já fizemos juntos, nível técnico, logística e o balanço foi bom demais e voltar para casa com mais um troféu é gratificante”, completa Moreira.

O piloto gaúcho (Santa Cruz do Sul), Keller, começou uma nova parceira essa temporada com o mineiro (Juiz de Fora), Bisi, e tiveram uma boa adaptação e sincronia neste primeiro rali da dupla. “É sempre bom andar no Jalapão. É muita areia pesada, erosões, calor e o roteiro sempre nos desafia. Desta vez, não teve pódio, mas gostei bastante da prova, foi produtiva para fazermos alguns ajustes no UTV e, agora, é encarar o Rally RN1500 logo mais”, diz Keller. “Demais andar no Jalapão, uma prova sempre cheia de surpresas. A experiência de andar com o Keller foi boa, progrediu durante a prova e estou muito feliz com essa nova dupla”, conta o navegador.

O multicampeão dos ralis Edu Piano, que nesta prova não competiu e foi como chefe de equipe, comemorou os pódios. “Estou muito satisfeito com o resultado alcançado pela equipe no Jalapão. Um rali duro, de alto nível técnico e que exigiu demais dos equipamentos. Todos concluíram o roteiro e parabéns ao Bruno/Fausto pela vitória e Lélio/Weberth pelo 2º lugar”, avalia. “A performance dos pneus foi fantástica, porque os dois UTVs que competiram com General Tire não tiveram problemas durante todo o rali, somente o do Keller não estava. Vários UTVs de outras equipes tiveram pneus furados”, elogia Piano.

Convidado argentino – Na última etapa, a equipe recebeu um convidado especial, o argentino Juan Yacopini, 21 anos, da equipe Toyota Gazoo Racing, que veio ao Brasil a convite de Rodrigo Luppi e seu filho Bruno Conti para conhecer um rali no Brasil e também os UTVs. Yacopini já coleciona alguns pódios e títulos em seu país e disputou neste ano, o Rally Dakar, o South American Rally Race a acaba de chegar do mundial de rali no Cazaquistão e aprovou a experiência. “Pilotei pela primeira vez um UTV e foi muito divertido, agradeço o convite e estou pronto para outra”, afirmou o piloto.

A Território Motorsport tem patrocínio da General Tire e apoio da Petróleo Minuano e Usina Canabrava. Para conhecer mais sobre a equipe: www.territoriomotorsport.com.br, Facebook: @territoriomotorsport4x4, Instagram: @territoriomotorsport e Twitter @territorio4x4

Resultado Final  – 7º Rally Jalapão/Sertões Series (19/6)

Categoria UTV Extra
1)Bruno Conti/Fausto Dallape – 16h45m19s

Categoria UT3
1)Paulo Closs/Vitor Closs – 11h49m38s
2)Lélio Júnior/Weberth Moreira – 11h59m21s
3)Marcelo Murad/Flavio França – 12h18m36s
4)Heron Franciosi/Iradi Biasuz – 12h30m44s
5)Enio Bozzano/Wellington Rezende – 12h36m21

Categoria UTV2
1)Fabio Ruediger/Eduardo Bampi – 11h16m15s
2)Tomas Luza/Robson Schunka – 11h22m09s
3)João Franciosi/Cesar Valandro – 11h2708s
7) Roberto Keller/Flavio Bisi – 12h3602s

P.S. – Resultados completos da Chronosat.  pelo aplicativo do Sertões para IOS e Android: http://sertoes.com/ios ou http://sertoes.com/android. Mais informações www.arenaenduro.com.br

MSuzuki Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.