Quadri/ATV/UTV

Sertões: Reinaldo Varela comemora 40 anos de carreira cruzando o Brasil

A edição 2022 do Rally dos Sertões também será um momento especial para Reinaldo Varela, um dos principais nomes do esporte a motor no país. O piloto de Mirandópolis, no interior de São Paulo, celebrará 40 anos de carreira em setembro, mês em que o Sertões também encerra, no dia 10, a prova comemorativa de seus 30 anos de existência. O Sertões tem início nesta sexta-feira (26), com a realização do prólogo em Foz do Iguaçu (PR), disputa contra o relógio que definirá a ordem de largada, que acontece no sábado.
Tricampeão mundial e campeão do Dakar na categoria UTV, a mais competitiva da modalidade, aos 63 anos de idade Varela é referência de tenacidade e profissionalismo para todos os amantes do off-road.
A primeira corrida de Reinaldo Varela aconteceu em 1982, em uma prova de rally universitário – competição de regularidade que envolvia estudantes e que foi bastante popular em várias partes do país, com grids cheios em todas as principais capitais. “Naquela época, eu não fazia ideia de que ser piloto viraria uma carreira. Como todo jovem, eu sonhava, mas a princípio queria só me divertir. Aos poucos a coisa foi ficando mais séria e o rally se tornou parte essencial da minha vida”, conta ele.

Criando pilotos – Atualmente competindo pela equipe Can-Am Monster Energy, Varela é famoso por ter no esporte um dos pilares de sua trajetória. Foi em uma corrida que, em 1985, conheceu a esposa, Nani. E foi com apoio dela que, ao longo dos anos, continuou a competir, inclusive levando os filhos recém-nascidos para as trilhas. Até que, já adolescentes, Rodrigo (31 anos), Gabriel (27) e Bruno (25) iniciaram as próprias carreiras. Hoje, todos os “meninos” possuem títulos brasileiros no fora de estrada e Bruno, inclusive, sagrou-se o campeão do Sertões mais jovem da história, aos 21 anos.
Conjuntamente, a família soma mais de 60 títulos de campeões e vice-campeões em diversas competições importantes do segmento – e Reinaldo, sozinho, contabiliza 127 vitórias em corridas de rally em várias partes do mundo, além de premiações especiais, como o Capacete de Ouro e o Guidão de Ouro, os dois Oscars do esporte brasileiro. Somente Reinaldo tem 36 títulos ao longo das décadas.
“Formei e uni minha família em torno do esporte e o rally ensinou muitas lições para mim e também para os nossos filhos. São valores que a gente carrega cada vez que vai competir e que também nos orientam na vida de forma geral: honestidade, seriedade, trabalho em equipe e, com certeza, ter prazer no que se faz profissionalmente”, diz ele.
Na edição 2022 do Rally dos Sertões, a família Varela está completa: Nani acompanha e ajuda na administração e logística, Reinaldo e os três filhos vão pilotar cada um o seu UTV e tentar a vitória na categoria mais competitiva da corrida.

Motivação – Será que a motivação é a mesma daquele início ainda nos anos 80? “Em casa a gente só fala na equipe, no que podemos fazer para tentar uma nova vitória. É cada um por si, mas na hora H a gente briga também para o bom resultado ficar na família”, conta ele. “Vivendo em um ambiente desses, com o entusiasmo dos filhos e o apoio e paixão da esposa, fica difícil não se sentir motivado. Por isso, toda vez que entro no carro de corrida, é como se fosse a primeira vez. Dá aquela ansiedade por saber como tudo vai acabar. Vou ser rápido? Vou brigar por um pódio? No fim a resposta não importa muito. O que interessa é que vou tentar. Disso você pode ter certeza”, concluiu o tricampeão mundial.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.