Quadri/ATV/UTV

Rally Barretos consagra vencedores de edição desafiadora

Nos carros, vitória de Gunter Hink e Filipe Bianchini, melhores nos dois dias
(Nelson Santos Jr./PhotoAction)

Equilíbrio e emoção até o último quilômetro no 12ª Rally Barretos. Carros, motos e UTVs concluíram neste domingo (09) a prova válida pelos campeonatos brasileiros de Rally Baja e Cross-Country com uma passagem pela especial de 130 quilômetros para consagrar os grandes vencedores. Mais uma vez as diferenças entre os primeiros foram apertadas. E não faltaram elogios à edição deste ano, que marcou o retorno da disputa após quatro anos de ausência forçada.

Como na véspera, lombas e trechos bastante velozes entre canaviais, seringais e fazendas de gado desafiaram os competidores. A novidade foi a chuva, especialmente para os carros e UTVs, que encontraram o piso mais liso.

Nas motos, o mineiro Gabriel Soares, o Tomate (Honda CRF 450RX/Honda Racing), foi o mais rápido do dia. A segunda posição foi suficiente para que seu companheiro de equipe Bissinho Zavatti garantisse a vitória geral, justamente à frente do parceiro. “Muito feliz por vencer nessa volta a Barretos. Nós não pegamos chuva, só algumas poças, mas foi bastante tranquilo”, festejou o paulista de Monte Alto, a menos de 100 quilômetros de Barretos. Ele vem em ótima fase – no mês passado venceu pela primeira vez o Sertões.

Gunter Hink e Filipe Bianchini (Polaris RZR Pro R/MSL Rally) confirmaram seu domínio entre os carros para assegurar a conquista do Rally Barretos. Mais rápidos no sábado, repetiram o feito, terminando desta vez 31s à frente de Luiz Facco e Humberto Ribeiro, o Piauí (Can-Am Maverick /Acelera Siriema), que ficaram em segundo também no acumulado.

Nuno Fojo e seu Polaris conquistaram a vitória nos UTVs
(Nelson Santos Jr./PhotoAction)

“Foi bem diferente do sábado, a primeira parte estava bem molhada, com o piso mexido, chegamos a passar reto em uma curva. Depois pegamos o seco e pudemos atacar mais. Tenho um bocado de sorte na terra do peão. Participei de todas as edições e é minha terceira vitória”, resumiu o navegador Filipe.

Na terceira posição, os paraguaios Oscar Santos e Mirna Martínez (Can-Am Maverick/Cotton Racing) garantiram o toque internacional à prova.

Mesmo caso do vencedor entre os UTVs. Português, mas radicado no Brasil, Nuno Fojo se impôs com o Polaris RZR Pro R da equipe oficial da marca. Na última especial, foi o mais rápido, 40s à frente de Reinaldo Varela (Can-Am Maverick/Monster Energy Varela Racing). No acumulado, fechou exatamente um minuto à frente de Richard Fliter (Polaris RZR Pro R/One UTV Rally Team). Juliano Meira (Can-Am Maverick/One UTV Rally Team) fechou em terceiro.

“Ontem foi sofrido, tomei uma penalização de um minuto que me jogou de terceiro para quinto. Hoje, depois do abastecimento tive um problema na bomba de combustível e precisei diminuir o ritmo, mas quis o destino que o Juliano (Meira), que vinha à minha frente desta vez fosse o punido. Vim de trás para conseguir o tricampeonato aqui”, comemorou Fojo.

Diretor da Rallymakers, organizadora da prova, Fernando Bentivoglio destacou o sucesso de seu retorno. “Conseguimos entregar um rally sem intercorrências, com condições variadas de piso e de clima, tivemos sol e chuva. O prólogo e o superprime foram espetaculares. Reativamos o Rally Barretos em grande estilo”, destacou.

Rally Barretos
Brasileiro de Rally Baja/Cross-Country

Segundo dia
Carro
1. Gunter Hink/Filipe Bianchini, Polaris RZR Pro R (T4), 1h26min57
2. Luiz Facco/Humberto Ribeiro, Can-Am Maverick (T4), a 31s
3. Oscar Santos/Mirna Martinez (PAR), Can-Am Maverick (T3), a 12min02
4. Paulo Góes/Jefferson Teixeira, Mitsubishi L200 Triton (PRT), a 12min31
5. Paulo Bertolini/Anderson Bertolini, Mitsubishi L200 Triton (PT), a 19min56

Moto
1. Gabriel Soares, Honda CRF 450RX (MT2), 1h36min02
2. Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX (MT1), a 1min07
3. Francine Rossi, Kawasaki KX 450XC (MOV), a 7min42
4. Luiz Henrique da Cunha, Kawasaki KLX 450 (MRG), a 13min30
5. Francisco Forbes, KTM 450EXC (MT3), a 17min38

UTV
1. Nuno Fojo, Polaris RZR Pro R (UT1), 1h36min46
2. Reinaldo Varela, Can-Am Maverick (UOP), a 40s
3. Richard Fliter, Polaris RZR Pro R (UT1), a 1min28
4. Wilker Campos/Isabella Campos, Can-Am Maverick (UDB), a 1min52
5. Júnior Siqueira, Polaris RZR Pro XP (UT3), a 2min05

Classificação final

Carro
1. Gunter Hink/Filipe Bianchini, Polaris RZR Pro R (T4), 4h24min30
2. Luiz Facco/Humberto Ribeiro, Can-Am Maverick (T4), a 2min00
3. Oscar Santos/Mirna Martinez (PAR), Can-Am Maverick (T3), a 38min31
4. Paulo Bertolini/Anderson Bertolini, Mitsubishi L200 Triton (PT), a 46min34
5. Cristiano Rocha/Anderson Geraldi, Mitsubishi L200 Triton (PRB), a 1h29min21

Moto
1. Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX (MT1), 3h15min52
2. Gabriel Soares, Honda CRF 450RX (MT2), a 1min18
3. Francine Rossi, Kawasaki KX 450XC (MOV), a 10min52
4. Luiz Henrique da Cunha, Kawasaki KLX 450 (MRG), a 28min28
5. Francisco Forbes, KTM 450EXC (MT3), a 34min24

UTV
1. Nuno Fojo, Polaris RZR Pro R (UT1), 3h14min36
2. Richard Fliter, Polaris RZR Pro R (UT1), a 1min00
3. Juliano Meira, Can-Am Maverick (UT2), a 2min43s
4. Júnior Siqueira, Polaris RZR Pro XP (UT3), a 4min53
5. Daniel Malzoni/Túlio Taniguchi, Can-Am Maverick (UDB), a 7min23

O 12º Rally Barretos tem apoio da Prefeitura Municipal e dos Independentes

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.