Destaque

Nova Nissan Frontier rodou mais de 200 mil quilômetros na América do Sul em seu desenvolvimento

Para entregar a melhor Nissan Frontier já produzida aos clientes, a engenharia da Nissan fez inúmeros testes para garantir ainda mais qualidade. E rodou muito para que a dirigibilidade da Nova Nissan Frontier ficasse ainda mais robusta para encarar as condições de condução da América do Sul.

Além das avaliações globais para o desenvolvimento do projeto, o modelo teve seu desempenho testado localmente e exclusivamente para ser adaptada ao gosto e demandas dos clientes da região. As avaliações foram realizadas nas mais diferentes situações, como caminhos planos, irregulares e sinuosos, com diferentes pesos de carga e em diferentes temperaturas e altitudes. Foram avaliados ainda a capacidade de arrasto sob condições de baixa e alta velocidade, em diferentes tipos de superfície e estrada; os níveis de ruído, vibração e trituração e de desempenho geral com temperaturas variando de -30°C a 50°C, entre outros. Para isso, a picape da marca japonesa passou por longos períodos de testes realizados em viagens de milhares de quilômetros em vários países.

A suspensão traseira multilink, que já era um destaque do modelo anterior da Frontier, também foi testada severamente para afinar os novos ajustes dos amortecedores para ampliar o conforto do rodar. O novo sistema de freios a disco também passou por duros testes para oferecer segurança e estabilidade nas frenagens.

Apresentada oficialmente no início deste mês na Argentina, a Nova Nissan Frontier começa a ser vendida no mercado brasileiro na última semana de abril, com preços das versões anteriores mantidos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.