Rallys

Fábio Cadasso/Artur de Carvalho serão os representantes do Maranhão, nos UTVs, no Sertões

Piloto será o único da história do rali a competir em todas as categorias, já disputou nas motos, quadriciclos, carros e caminhões. O maior rali das Américas será de 30/10 a 7/11, com largada em Mogi Guaçu (SP) e chegada em Barreirinhas (MA)

Aos 54 anos, Cadasso será o único do Sertões a competir em todas categorias
(Fotop)

A estreia nos UTVs neste Rally dos Sertões tem um sabor especial para Fábio Cadasso, competidor de São Luís (MA). Após pilotar motos, quadriciclos, carros e caminhões no maior rali das Américas, nesta 28ª edição quer entrar para a história como o único a competir em todas as categorias. Cadasso fará dupla com o também maranhense, Arthur de Carvalho, e vão acelerar a partir do dia 30, na categoria UTV Over 45, a bordo de um Can-Am Maverick X3.

Navegador Artur de Carvalho: Estreia no Sertões 2019 e irá para 2ª participação
(Divulgação)

A dupla da Equipe Cadasso Racing está a todo o vapor com os preparativos para prova, que terá largada em Mogi Guaçu (SP) e chegada em Barreirinhas (MA), no dia 7/11. O desafio será encarar um roteiro de aproximadamente 5 mil quilômetros entre São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Maranhão.

Aos 54 anos, Cadasso segue para a nona participação na competição e sempre com o mesmo espírito guerreiro. “Fico o ano inteiro me programando para poder correr nos Sertões. É uma razão de viver, porque sempre estou em busca de aventura e isso também me dá ânimo para lutar nos dias difíceis”, afirma o piloto.

“Tracei um objetivo há alguns anos, o de buscar um “recorde” de participações para ser o primeiro piloto a correr em todas as categorias e, se Deus quiser, vamos completar mais essa edição”, ressalta o maranhense, que só não fez todo o roteiro em 2018, porque se acidentou com a moto e teve de abandonar a prova na 5ª etapa. Desde que estreou no grid em 2012, já conquistou seis pódios, a melhor classificação foi em 2016, quando, com o navegador João Afro, foi vice-campeão na Production T2 com uma Pajero TR4.

Maranhense na chegada do Sertões 2019, nos quadriciclos
(Fotop)

Já o navegador segue para a 2ª participação consecutiva nos UTVs. Em 2019, em sua estreia no Sertões, foi 4º colocado na UTV Pro Elite. Com 30 anos, Carvalho está há nove no off-road, sobretudo no Rally de Regularidade. Nos quadriciclos já foi pentacampeão do Rally Cerapió e bicampeão maranhense, entre outras conquistas. O competidor está bastante animado para essa edição, ainda mais por ter aprovado a experiência nos UTVs e, agora, ao lado de Cadasso. “Tenho certeza que, apesar de Fábio estar estreando nos UTVs, trará toda a sua experiência, visto que é um piloto que carrega o espírito off-road nas veias. Será um intercâmbio de experiências e tenho fé que trará bastante resultado”, explica. Será a primeira vez que competirão juntos.

Estreia no Sertões 2012 na categoria Caminhões Leves
(Arquivo Pessoal)

Trajetória no Sertões –  Fábio Cadasso estreou no grid do Sertões em 2012, na categoria Caminhões Leves, pela Ford Racing Trucks/Território Motorsport, quando ficou em 3º lugar na categoria.  Em 2013, pilotou um Troller da equipe Troller Racing/Território Motorsport e terminou em 3º na Production T2.  No mesmo ano, conquistou os títulos Brasileiro e Paulista de Rally Cross Country 2013, na categoria Caminhões Leves. Dois anos depois retornou ao grid e passou a competir com equipe própria, com uma Pajero TR4, e por três anos subiu ao pódio: 5º lugar em 2015, 2016 vice-campeão e 2017 em 5º lugar, sempre na Production T2. Guerreiro, encarou a edição de 2018 de moto (CRF 250cc) e foi o único ano que não conseguiu completar pois se acidentou. Em 2019 disputou nos quadris (700cc) e fechou em 5º na categoria e 2020 estreia nos UTVs.

Última participação nos Carros, no Sertões 2017
(Fotop)

Bolhas – Nesta 28ª edição o Sertões terá um formato diferente devido à pandemia e seguirá todos os protocolos de segurança. Entre as medidas, a caravana do rali será fechada em bolhas com todos testados, sendo que competidores e staff terão de ficar em motor-homes ou acampados dentro das bolhas, ninguém poderá sair ou entrar. Tanto que não será permitida a presença do público durante todo o evento. Não haverá cidades-anfitriãs, os acampamentos serão fora do perímetro urbano, e os locais serão divulgados na véspera para evitar aglomerações.

A equipe Cadasso Racing tem patrocínio do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, e do Grupo Mateus, com apoio da Off-Road SLZ.

Mais informações sobre a dupla e também para acompanhar a cobertura durante o Sertões acesse as redes sociais: Facebook/ @pilotofabiocadasso, Instagram/@equipecadassoracing e Twitter/@equipecadassoracing

Programação 28º Sertões (30/10 a 7/11)

PRÓLOGO – 30/10, Sexta-feira – Velocittà (Mogi Guaçu/SP)

1ª. Etapa – BOLHA 1 – 31/10, Sábado
Total: 585 km, sendo 205 km de trechos cronometrados

1/11, domingo – Dia de Deslocamento e Manutenção

2a etapa – BOLHA 2 – 2/11, segunda-feira – ETAPA MARATONA RENÊ MELLO
Total: 519 km, sendo 353 km de trechos cronometrados

3a etapa – BOLHA 3 – 3/11, terça-feira – ETAPA MARATONA PAULO GONÇALVES
Total: 369 km, sendo 200 km de trechos cronometrados

4a etapa – BOLHA 4 – 4/11, quarta-feira
Total: 641 km, sendo 329 km de trechos cronometrados

5a etapa – BOLHA 5 – 5/11, quinta-feira
Total: 612 km, sendo 337 km de trechos cronometrados

6a etapa – BOLHA 6 – 6/11, sexta-feira
Total: 791 km, sendo 300 km de trechos cronometrados

7a etapa – BOLHA 7 – 7/11, sábado (chegada em Barreirinhas/MA)
Total: 512 km, sendo 280 km de trechos cronometrados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.