Destaque, Rallys

Dakar: Após três etapas, pai e filho estão entre os oito primeiros nos UTVs T4

Bruno Conti/Pedro Bianchi Prata subiram quatro posições e estão em oitavo na T4 no acumulado (@mchphotocz)

A 3ª etapa do Dakar teve início entre cânions, trechos rápidos e belas e inóspitas paisagens mas devido às condições climáticas que causaram danos e alagamentos ao percurso, a organização foi obrigada a cortar aproximadamente 70 km e a Especial foi interrompida por volta do km 378. Rodrigo Luppi/Maykel Justo #406 completaram em 4º na T4 (4h26m37s) e seguem vice-líderes na categoria, a 9m36s da dupla polonesa (Marek Goczal/Maciej Marton). Já Bruno Conti/Pedro Bianchi Prata #409 andaram forte e fecharam em 7º (4h32m45s) e subiram quatro posições no acumulado da categoria e estão em 8º posição. Após três etapas pai e filho de Vinhedo (SP) estão entre os oito primeiros da T4.

Chuva e frio atingiram a caravana do Dakar nesta terça-feira. “Chegamos em Ha´il quase com hipotermia porque está muito frio por aqui. A Especial estava muito boa e até a metade vínhamos bem e em um ritmo forte até a parte de um rio e terminamos em 4º e mantivemos a vice-liderança. Mais um dia completado”, conta Rodrigo Luppi.

“Achei a Especial rápida e fácil. A única dificuldade foi o tempo ruim que atrapalhou e alguns problemas que tivemos com o UTV, de resto fizemos uma boa prova hoje”, diz Bruno Conti, 18 anos, o piloto sul-americano mais jovem desta 45ª edição. “A gente andou muito rápido e seguro, apesar de muito chuva e lama e dificultou a Especial demais. Mas o Bruno manteve um bom ritmo, não cometeu erros e, agora, vamos ver o que nos espera amanhã”, completa o piloto de moto Pedro Bianchi Prata, que nesta edição está navegando para o estreante Conti. O português está em sua 12ª participação na competição.

   Rodrigo Luppi/Maykel Justo fecharam a etapa3, em quatro na T4 e seguem na vice-liderança no acumulado (@mchphotocz)

A 4ª etapa será em laço, com largada e chegada em Há´il e os competidores percorrerão 574 km, sendo 425 deles cronometrados. No caminho muita areia e dunas entre outras adversidades que exigirão muita técnica, resistência e superação de máquinas e competidores.

As duplas competem a bordo de UTVs Can-Am Maverick XRS, preparados pela South Racing. No Dakar 2022, Luppi/Justo terminaram em 6º na T4, venceram uma etapa na categoria, lideraram por dois dias e em nove das 12 Especiais fecharam entre os Top5. Vale destacar que os dois navegadores Justo e Bianchi Prata são Legends (mais de 10 participações) da competição que acontece pela quarta vez na Arábia Saudita.

O Dakar 2023 soma pontos para o Mundial de Rally Cross Country (FIA e FIM). Mais informações: www.dakar.com e App Dakar Rally 2023.

A dupla Bruno Conti/Pedro Bianchi Prata #409 tem patrocínio da Cimed, Azimut, REAG Investimentos, Tensor Tyres, J.Juan Brake, Method Wheels e South Racing.

A dupla Rodrigo Luppi/Maykel Justo #406 tem patrocínio da Luppi Racing, EXT Amortecedores e J.Juan Brake.

Para acompanhar a aventura das duplas no Rally Dakar 2023 Instagram: @brunooconti_ @bianchiprata @rodrigoluppi @maykeljusto @luppi_racing_team

– Resultado Etapa 3 – Dakar (3/1)
Categoria (SSV) T4  – sete primeiros
1) #437 Cristiano Batista (BRA)/Fausto Mota (ESP)– 4h21m05
2) #401 Marek Goczal/Maciej Marton (POL) – 4h22m45s
3) #400 Rokas Baciuska (LTU)/ Oriol Montijano (ESP) – 4h25m39s
4) #406 Rodrigo Luppi/Maykel Justo (BRA) – 4h26m37s
5) #410 Yasir Seaidan (SAU)/Alexey Kuzmich (ARE) – 4h28m12s
6) #402 Gerard Guell/ Diego Gil (ESP) – 4h30m50s
7) 409 Bruno Conti (BRA)/Pedro Bianchi Prata (PRT) – 4h32m45s

– Resultado Acumulado (após três etapas)
Categoria (SSV) T4 – Top 10
1) #401 Marek Goczal/Maciej Marton (POL) – 14h30m03s
2) #406 Rodrigo Luppi/Maykel Justo (BRA) – 14h39m39s
3) #428 Erick Goczal (POL)/Oriol Mena (ESP) – 15h01m18s
4) #400 Rokas Baciuska (LTU)/ Oriol Montijano (ESP) – 15h01m49s
5) #412 Jeremias Ferioli/Pedro Rinaldi (ARG) – 15h06m08s
6) #402 Gerard Guell/ Diego Gil (ESP) – 15h13m57s
7) #405 Michal Goczal/Szymon Gospodarczyk (POL) – 15h17m23s
8) # 409 Bruno Conti (BRA)/Pedro Bianchi Prata (PRT) – 15h21m35s
9) #437 Cristiano Batista (BRA)/Fausto Mota (ESP) – 15h39m48s
10) #423 Juan Medero/Javier Cruz (ESP) – 15h40m40s

ROTEIRO DAKAR 2023 (ARÁBIA SAUDITA)

04/01 – Etapa 4 – HA’IL > HA’IL
Total 574.01 km | 425 km (Especial)

05/01 – Etapa 5 – HA’IL > HA’IL
Total 645.04 km | 373 km (Especial)

06/01 – Etapa 6 – HA’IL > AL DUWADIMI
Total 876.24 km | 465 km (Especial)

07/01 – Etapa 7 – AL DUWADIMI > AL DUWADIMI
Total 641.46 km | 472 km (Especial)

08/01 – Etapa 8 – AL DUWADIMI > RIYADH
Total 713.85 km | 398 km (Especial)

09/01 – Dia de Descanso – RIYADH

10/01 – Etapa 9 – RIYADH > HARADH
Total 686 km | 358 km (Especial)

11/01 – Etapa 10 – HARADH > SHAYBAH
Total 623.94 km | 113 km (Especial)

12/01 – ETAPA 11 – SHAYBAH > EMPTY QUARTER (MARATONA)
Total 428.27 km | 275 km (Especial)

13/01 – Etapa 12 – EMPTY QUARTER (MARATONA) > SHAYBAH
Total 374.86 km | 183 km (Especial)

14/01 – Etapa 13 – SHAYBAH > AL-HOFUF
Total 675.6 km | 154 km (Especial)

15/01 – Etapa 14 – AL-HOFUF > DAMMAM
Total 417.3 km | 136 km (Especial)

Total de Especiais = 4.607 km
Total do roteiro
= 8.528,35 km

MSuzuki Comunicação

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.