Quadri/ATV/UTV

Bianchini Rally fatura sete pódios na abertura do Brasileiro de Rally Cross Country

Entre veteranos e estreantes do Rally Jalapão/Sertões Series, os pilotos e navegadores da Bianchini Rally conquistaram sete pódios nesta 7ª edição. Não foi tarefa fácil. Alguns perrengues nas areias do Jalapão não faltaram, superação e muita diversão também. A prova terminou no sábado (19), na Vila Panambi, distrito de Formosa de Rio Preto (BA) e foi válida pela abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e do Sertões Series. O rali começou com 99 veículos, sendo 29 motos, 56 UTVs além de quadriciclos e carros. Alguns ficaram pelo caminho.

A última etapa teve percurso reduzido e a Especial (trecho cronometrado) que seria de 212 km, ficou em 149. Nas motos João Paulo Fornazari #19 (Honda CRF 450RX) terminou em 3º na Moto 3 (1h43m18s) e 11º na geral. Luiz Fernando Nutti #16, o Acoxa, (Kawasaki eKLX 450R) fechou em 3º na Moto Over 45 (2h01m20s). Na Moto 1, Rodrigo Sallum #23 (Husqvarna FE450) sofreu uma queda, teve de ser resgatado na Especial, foi operado mas já passa bem.


Marcos Finato/Guilherme Holanda: vice-campeões na UTV Over 45 (Nelson Santos Júnior/PhotoAction)

Nos UTVs (Can-Am Maverick X3), no 4º dia de rali, vitória de Richard Fliter/André Munhoz #105 na UT1 e, ainda, fizeram o 7º tempo na geral (1h41m38s). Na mesma categoria, Sylvio de Barros/Rafael Capoani #160 ficaram em 4º (1h47m20s). Gustavo Zanforlin/Marcos Panstein #135 em 8º na UT2 e 11º da geral (1h44m31s). Na UTV Over 45 Marcos Finato/Guilherme Holanda #150 terminaram em 2º (1h49m23s), enquanto Pedro Arna/George Araújo Filho #152 em 6º (2h11m18s).

Com o resultado acumulado dos quatro dias, os sete pódios ficaram assim: Fornazari terminou o rali em 3º na Moto 3, Nutti em 4º na Moto Over 45 e Sallum em 5º na Moto1. Nos UTVs, Finato/Holanda foram vice-campeões na Over 45, e Arna/Araújo em 5º, na mesma categoria. Na UT1 Barros/ Capoani em 4º e, na sequência, Fliter/Munhoz em 5º lugar.

Sylvio de Barros/Rafael Capoani: quarto na UTV 1  e décimo primeiro na geral (Doni Castilho/DFotos)

“Foi um rali de alto nível técnico que agradou a todos, bem Jalapão mesmo. Exigiu da pilotagem, concentração dos navegadores e também dos equipamentos. Tivemos alguns incidentes mas no final o saldo foi muito positivo com esses sete pódios. Missão cumprida. Agora, a equipe se prepara para encarar o RN 1500”, avalia Fabrício Bianchini, que desta vez, não competiu e foi como chefe de equipe e atuou nos bastidores.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country está prevista para acontecer entre 30 de junho e 3 de julho, no Rio Grande do Norte, e a equipe estará no Rally RN1500 com duas motos e três UTVs.

Aspas finais de alguns pilotos e navegadores sobre o rali:

João Paulo Fornazari (Pederneiras/SP): “A última Especial foi boa e fechou o rali com muita curva de alta velocidade e mantive o ritmo constante do início ao fim e fisicamente terminei bem. Foi muito bom subir ao pódio. A Bianchini Rally é fantástica, uma verdadeira família. Só tenho a agradecer a todos e fui muito bem recebido!”

Luiz Fernando Nutti (Acoxa)/SP: “Foi um rali top com tem de ser as provas no Jalapão. Foram dias fantásticos e Especiais bem prazerosas do jeito que gosto. O último dia foi curto, se tivesse sido os 212 km daria para tirar a diferença (3m41s) e levar possivelmente o 3º lugar, mas com 149 km não dava. Feliz com mais um troféu.”

Marcos Finato (Barueri/SP): “Andei para terminar e num ritmo constante e fizemos uma prova sem sustos no último dia. Estou feliz da vida com o 2º lugar e 15º na geral na minha estreia nos UTVs. Ainda estou me adaptando, após anos competindo de moto. E foi crucial contar com Guilherme, um navegador muito experiente e esta parceria deu muito certo.”

Gustavo Zanforlin (Barueri/SP): “Muito boa a prova. Essa é a segunda edição que participo e gostei bastante. Depois de mais de seis meses sem rali (última vez no Sertões), nos divertimos muito no deserto do Jalapão!”

André Munhoz, navegador de Richard Fliter (São Bento do Sul/SC): “Essa última Especial foi para fechar com chave de ouro. Manteve o alto nível das etapas anteriores e acabamos vencendo na categoria. No geral o rali foi fantástico! A organização está de parabéns pelo formato e qualidade técnica. Fliter e eu estamos cada vez mais entrosados e conseguimos achar o ritmo.”

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Alphaville/Barueri, tem patrocínio da Rock, Army, Borilli Racing e apoio da Hupi, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, XRally Team, Máfia do Rally e Petrolam.

Mais informações sobre a equipe: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

Resultado Final – Rally Jalapão/Sertões Series (19/6)

UTV Over 45
1º Euclides Benvenuti/Henqry Ritter – 11h58m05s
2º Marcos Finato/Guilherme Holanda –12h00m50s
3º Helder Sanches/Marcos Miotto –13h00m12s
4º Silvio Martins/Vinícius Martins – 3h31m20s
5º Pedro Arna/ George Araújo – 14h34m02s

UTV1
1º Gabriel Varela/Filipe Bianchini – 11h25m49s (Campeões na Geral UTV)
2º Denísio Casarini/Ivo Mayer – 11h38m10s
3º Denísio Nascimento/Idali Bosse – 11h54m36s
4º Sylvio de Barros/Rafael Capoani – 11h54m33s
5º Richard Fliter/André Munhoz – 17h05m26s

P.S. – Resultados completos da Chronosat pelo aplicativo do Sertões para IOS e Android: http://sertoes.com/ios ou http://sertoes.com/android. Mais informações sobre a prova no www.arenarally.com.br

MSuzuki Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.