Quadri/ATV/UTV, Rallys

23º Rally RN 1500 é adiado para o fim de junho de 2021

Programação oficial começará na quinta-feira 29/06 em Campina Grande com vistorias técnicas, briefing para competidores e coletiva de Imprensa.

Natal (RN) – Diante do agravamento da pandemia da Covid-19 nos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, e com a publicação de decretos que proíbem a realização de eventos, a organização do Rally RN 1500 decidiu pelo adiamento do evento.  Uma nova data já foi definida, a 23ª edição da prova mais charmosa e arretada do Brasil acontecerá de 29 de junho a 03 de julho.

A decisão foi tomada a fim de cumprir os decretos vigentes, e principalmente, preservar a saúde de todos os envolvidos no evento. “A prova está pronta. Estávamos fazendo a última conferência do roteiro e os ajustes necessários. Fomos surpreendidos com a mudança de cenário e não podemos, nem devemos ir contra decretos Estaduais nem municipais. A segurança de todos e o apoio dos municípios sempre foram priorizados no RN 1500”, afirmou Kleber Tinoco diretor do RN 1500.

Segunda maior e mais importante prova do rally cross country nacional, o Rally Nordeste acontecerá em cinco dias, sendo um dia de vistorias técnicas e quatro de corridas em trechos cronometrados, que definirão os mais velozes deste ano. Os competidores cruzarão mais de 30 municípios entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte. No roteiro, as belas e sinuosas estradas da Borborema paraibana, as pedras e serras do Seridó, as planícies do Oeste e as trilhas de areia e dunas do litoral Norte Riograndense.  De acordo com o diretor de prova Henrique Arena, os competidores vão ter muito trabalho no trecho. “O RN desse ano está como a gente gosta, difícil. O roteiro é um dos mais duros e bonitos de todos os anos em que participei.  Estamos ansiosos para ver a turma na trilha levantando poeira”, comentou Arena.

Quem também avisa é Kleber Tinoco, a prova vai exigir muito de pilotos e navegares, “tradicionalmente realizamos uma prova técnica, o percurso com muita variedade de terrenos. Os competidores já sabem e vêm preparados para isso. Será dura, difícil, mas como o competidor gosta. Na linha do que costumamos dizer, quanto pior, melhor. Teremos no percurso serras, pedras, curvas sinuosas, estradões, terreno travado, areia, tem de tudo, e o competidor vai ter de dar conta do recado para receber o título de campeão do RN”, afirmou Kleber.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.