Quadri/ATV/UTV

Rally RN 1500 é o desafio da Bianchini Rally para esta semana

Um roteiro de mais de mil quilômetros, divididos em quatro dias, entre o sertão e litoral da Paraíba e do Rio Grande do Norte será o desafio da Bianchini Rally para esta semana. A 23ª edição do Rally RN 1500 larga nesta quarta-feira, 30, da capital paraibana de Campina Grande e terá como destino final São Miguel do Gostoso (RN), local da chegada no sábado, 3/7. A equipe vai encarar a 2ª prova do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country com uma moto e quatro UTVs.

Bianchini Rally vai encarar o Rally RN 1500 com quatro UTVs e uma moto, de 30/6 a 3/7. Largada Campina Grande/PB e chegada em São Miguel do Gostoso (Sanderson Pereira/Photo-SP)

O paulista Maxwell Fernandes será o único representante do time nas motos e estreará na equipe. Vai competir com uma KTM 450, na categoria Moto 3. Já nos UTVs (Can-Am Maverick X3) estarão as duplas: Marcos Finato/Guilherme Holanda (Over 45), Richard Fliter/André Munhoz (UT1), Gustavo Zanforlin/Marcos Panstein (UT2) e, pela primeira vez nesta formação, Marcos Baumgart/Marcos Colvero (UT1).

Com exceção do gaúcho Colvero, todos os demais disputaram, há aproximadamente 10 dias, o Rally Jalapão/Sertões Series. Tanto que a equipe  se descolou do Tocantins diretamente para a Paraíba para atender os competidores, que chegaram nesta terça-feira ao Parque do Povo, local onde se concentra a área de box do Rally RN1500.

“O balanço do Rally Jalapão foi bem positivo, saímos de lá com sete pódios entre motos e UTVs. E, agora, a expectativa é de alcançarmos bons resultados também, uma vez que a maioria já testou os equipamentos e esquentou os motores, após meses sem provas”, explica Fabrício Bianchini, chefe da equipe, que não competirá, desta vez. O piloto já disputou várias vezes o RN1500 nas motos, mas em 2018 foi nos carros que conquistou o título – Campeão na Protótipos T1 – com um T-Rex, ao lado do navegador Damon Alencar.

Richard Fliter/André Munhoz, após o Jalapão, é a vez de acelerar na PB e RN (Pedro Henrique Santos/PhotoAction)

O pentacampeão do Sertões, José Hélio, que pilota um Buggy V8 pela categoria Open, compete nesta temporada levando o nome da Bianchini Rally. Em 2021 o piloto conta com a navegação de Ramon Sacilotti.

Expectativa de alguns competidores para a prova:

Maxwell Fernandes (São Caetano do Sul/SP): “Eu venho do ciclismo de estrada e há dois anos estou competindo nas motos. Estou bem animado para conhecer o RN1500. Será um excelente treino para o Sertões 2021 e espero me divertir e melhorar minha pilotagem.”

Marcos Finato (Barueri/SP): “Já corri diversas edições entre 2009 e 2015 de moto. Fui vice-campeão 2009 com uma moto a álcool e posso garantir que é uma das provas mais legais e divertidas do ano. Será um aprendizado pois é a primeira vez que vou pilotar um UTV na prova. Andar no sertão do Seridó será incrível e vou fazer uma prova para chegar todos os dias.”

Gustavo Zanforlin (Barueri/SP): “Comecei no ano passado nos ralis fiz algumas provas e tive a grata surpresa de ser Campeão do Sertões na UT3 no ano de estreia. Esse será meu primeiro RN 1500 e espero uma ótima prova, bastante desafiadora por ter todo o tipo de terreno e, principalmente, muitas pedras para testar meu novo UTV.”

Marcos Baumgart (São Paulo/SP): “A prova é show já corri o RN de moto e de carro e estou indo a convite do Colvero para pilotar o UTV. A ideia é fazer uma boa prova, aproveitar ao máximo as Especiais e chegar bem em São Miguel do Gostoso.”

Marcos Colvero (Porto Alegre/RS): “Já fiz algumas edições do RN 1500 de moto, inclusive em 2020, e esse ano será nos UTVs. Certamente será uma prova muita especial. Além da diversão que é a prioridade, será uma oportunidade de aprender tanto de pilotagem quanto de navegação com o atual campeão do Sertões (Baumgart) e isso será incrível.”

A equipe – Nasceu em 2005 quando Fabrício Bianchini decidiu montar a sua própria equipe com sede em Barueri/SP. Dois anos depois, com patrocínio do Grupo Infinity Bio Energy, juntamente com o piloto Marcos Finato, desenvolveram as primeiras motos de rali a álcool no Brasil. Pioneira com o projeto tornou-se a primeira equipe Carbon Free do Rally dos Sertões. Entre 2007 e 2010 se chamou Infinity Rally Team, mas a partir de 2012, adotou o nome Bianchini Rally. Nas edições de 2007 e 2008 foi premiada como Melhor Equipe do Sertões. Pela tradição e profissionalismo conquistados, o time trabalha com pilotos campeões do segmento duas rodas no Sertões, Campeonatos Brasileiros de Rally Cross Country e de Rally Baja.  Entre 2013 e 2016, a equipe disputou também a Mitsubishi Cup. Desde 2018 os UTVs entraram na equipe com a dupla Bianchini/Adhemar Pereira “‘Índio” e no Sertões 2019 com Javier Fernandez/Marcos Colvero. No Sertões 2020 foi uma das maiores equipes do grid com sete motos, seis UVTs e um buggy V6, desses, dois foram campeões e três subiram ao pódio entre os top 5. Mais que uma equipe profissional, a Bianchini Rally é uma família onde o clima de camaradagem, bom humor e amizade imperam. Veteranos com passagem pelo Dakar e estreantes, com trajetórias distintas no off-road, compartilham da mesma paixão. A dedicação do time levou mais de 35 pilotos ao pódio nestes 15 anos.

A Bianchini Rally/Power Husky, com sede em Alphaville/Barueri, tem patrocínio da Rock, Army, Borilli Racing e apoio da Hupi, McDonald Pelz, O Mundo de Maria, Bull Sertões, Vedacit, XRally Team, Máfia do Rally e Petrolam. Mais informações: www.bianchinirally.com.br, Facebook @equipebianchinirally e Instagram @bianchinirally

Programação – 23º Rally RN 1500

30/06 – 1ª Etapa
8h– Campina Grande x Cabaceiras x Campina Grande (PB) – Total 235,31 km
Deslocamento – 17,63 km
Especial – 180,30 km
Deslocamento – 37,38 km
Área de Box – Parque do Povo

1/07 – 2ª etapa
8h– Campina Grande (PB) | Parelhas (RN) – Total 281,56 km
Deslocamento – 67,46 km
Especial – 184,12 km
Deslocamento – 29,98 km
Área de Box Parelhas – Aeródromo Mineradora ARMIIL

2/07 – 3ª etapa
8h – Parelhas (RN) | Assu (RN) – Total 294,57 km
Deslocamento –  27,62 km
Especial –  188,15 km
Deslocamento –  78,80 km
Área de Box – Rua Doutor Luiz Antônio S/N

3/07 – 4ª etapa
8h – Assú (RN) | São Miguel do Gostoso (RN) – Total 249,80 km
Deslocamento –  66,74 km
Especial – 168,11 km
Deslocamento – 14,95 km
15h – Divulgação resultados | Premiação no Idílico Kite Club

MSuzuki Comunicação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.