Brasileiros lideram os UTVs do Mundial de Rally Cross Country após duas provas

abril 12, 2019 12:36 pm

Brasileiros Reinaldo Varela (à esquerda) e Gustavo Gugelmin na segunda etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country 2019, nos Emirados Árabes Unidos. Crédito: MCH Photography

A bordo do Can-Am Maverick X3, piloto Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin somam pontos importantes entre os UTVs na etapa dos Emirados Árabes Unidos

Os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, da equipe Monster Energy/Can-Am, ditam o ritmo dos UTVs no Campeonato Mundial de Rally Cross Country. Após duas provas realizadas, eles seguem na liderança da categoria T3.1 da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) a bordo do Can-Am Maverick X3. O veículo é o atual bicampeão da classe para UTVs no Rally Dakar.

A segunda etapa do calendário 2019 teve fim nesta quinta-feira (4) no Abu Dhabi Desert Challenge, nos Emirados Árabes Unidos. O desafio incluiu cinco dias de disputas em mais de dois mil quilômetros percorridos – cerca de 1280 deles de especiais (trechos cronometrados).

Os brasileiros protagonizaram a briga pela vitória em todas as etapas, fechando a prova na segunda colocação. Quem ganhou, com apenas 1min55seg de vantagem, foi a dupla formada pelo norte-americano Casey Currie e pelo francês Laurent Lichtleuchter, também da equipe Monster Energy/Can-Am. Os UTVs Can-Am Maverick X3 ganharam destaque na classificação geral da prova. Entre todos os veículos participantes, Currie/Lichtleuchter conquistou o quarto lugar da tabela e Varela/Gugelmin, o quinto.

“O saldo da nossa participação foi extremamente positivo em Abu Dhabi”, comentou o experiente piloto Reinaldo Varela, de São Paulo. Ao lado do catarinense Gustavo Gugelmin, ele possui no currículo o título dos UTVs no Rally Dakar de 2018 e agora briga pela taça da categoria no Mundial de Rally Cross Country.

“A nossa estratégia foi imprimir um ritmo forte, mas sem arriscar, já que o principal objetivo é conquistar o título dos UTVs no Mundial. O Can-Am Maverick X3, mais uma vez, foi perfeito na prova. O veículo terminou as especiais da mesma forma que largou em cada dia, não precisamos descer do UTV em nenhum momento – o que é fundamental para conseguir um resultado consistente”, continuou Varela.

O navegador Gugelmin também comemorou o desempenho nas areias dos Emirados Árabes Unidos. “O balanço foi ótimo e ainda conseguimos ampliar a nossa vantagem na liderança do Mundial de Rally Cross Country. Imprimimos um ritmo excelente e já estamos de olho na próxima etapa (de 26 de maio a 1º de junho no Cazaquistão)”, concluiu.

Resultados – Abu Dhabi Desert Challenge / Emirados Árabes Unidos
2ª etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country

Categoria T3.1
1 – #320 – C. CURRIE / L. LICHTLEUCHTER – 19:43:18.0 – Equipe Monster Energy/Can-Am
2 – #319 – R. VARELA / G. GUGELMIN – 19:44:30.0 – Equipe Monster Energy/Can-Am
3 – #325 – F. VOROBYEV / K. SHUBIN  – 141:53:41.0
4 – #331 – C. LIPAROTI / R. ROMERO  – 144:21:27.0
5 – #323 – H. GARCES / J. LATRACH – 146:15:07.0

Classificação geral
1 – #308 – S. PETERHANSEL / A. PETERHANSEL – 18:03:45.0
2 – #306 – K. AL QASSIMI / X. PANSERI – 18:12:33.0
3 – #311 – A. DOMZALA / M. MARTON – 18:50:01.0
4 – #320 – C. CURRIE / L. LICHTLEUCHTER – 19:43:18.0 – Equipe Monster Energy/Can-Am
5 – #319 – R. VARELA / G. GUGELMIN – 19:44:30.0 – Equipe Monster Energy/Can-Am

Print Friendly, PDF & Email


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.