Suzuki Jimny encara a 26ª edição do Rally dos Sertões

agosto 21, 2018 1:25 pm

Suzuki Jimny encara o Rally dos Sertões – Foto: Ricardo Leizer / Fotop

Duas duplas estão a bordo do SUV para percorrer os 3.600 quilômetros entre Goiânia (GO) e Fortaleza (CE)

Serão 3.600 km até Fortaleza – Foto: Vinicius Branca / Fotop

Um SUV forte e resistente que encara todos os desafios. Duas duplas escolheram o Suzuki Jimny para, nesta semana, encarar o Rally dos Sertões, a maior prova off-road do Brasil. A edição deste ano começou no último domingo em Goiânia (GO) e segue por sete dias e quatro estados até chegar a Fortaleza (CE), depois de percorrer 3.600 quilômetros em meio a muitos desafios 4×4.

A dupla Edson Nole e Vilson Roberto encara a prova como uma aventura pessoal. “Nós mesmo estamos fazendo a manutenção do carro. Competimos durante o dia e colocamos a mão na massa durante a noite para as checagens diárias”, explica o piloto.

A dupla encara o Sertões pela primeira vez. “Esse era um sonho antigo do Vilson e meu. Já há alguns anos estamos pesquisando qual seria o carro mais resistente e com um custo acessível. E vimos que o Jimny é uma ótima opção e nós mesmos poderíamos cuidar da manutenção durante a prova. Fizemos uma parceria com a concessionária Suzuki One e estamos disputando o rali na categoria Production T2, para carros de produção com poucas modificações”, relata.

Os pernambucanos Alessandro Vieira e Maria Duarte também estão realizando um sonho. “Sou cirurgião dentista e tenho o Jimny por prazer. Comprei esse carro zero quilômetro e preparei só pra fazer o Rally dos Sertões. O carro é indestrutível, não temos dor de cabeça para manter no dia-a-dia. Fora que tem um nível de diversão fantástico e é super acessível nas peças”, explica Alessandro.

Edson e Vilson realizam sonho – Foto: Vinicius Ferraz / Fotop

A prova é um desafio não só para as máquinas, mas também para as duplas, que têm que enfrentar diferentes tipos de pisos, travessias de rios e muitos obstáculos em meio às belas paisagens do interior do Brasil.

“Queremos mostrar para as pessoas o quanto o Jimny é resistente e pode correr num dos maiores ralis do mundo, com baixo custo. Estar aqui é o sonho de todo amante de 4×4. Nosso objetivo é chegar a Fortaleza e acreditamos muito no carro. Temos certeza que nossa escolha foi a melhor”, vibra Nole.

Alessandro e Maria Duarte vão pela primeira vez para a prova – Foto: Vinicius Branca / Suzuki

Print Friendly, PDF & Email


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.