Geison Belmont chega em quarto entre os quadriciclos na segunda etapa dos Sertões 2018

agosto 21, 2018 5:19 pm

Geison Belmont é o atual campeão brasileiro na modalidade cross country (Marcelo Machado/Fotop)

Após contratempo mecânico, que o tirou de fora da disputa durante o primeiro trecho, o niteroiense a bordo de sua Cam-Am Renegade consegue recuperar prejuízo visando o bicampeonato brasileiro de Cross Country.

Nesta terça os competidores seguem em direção à Bahia (Gustavo Epifanio/Fotop)

O piloto Geison Belmont, #101, da Meikon Rally Team, finalizou os 307 quilômetros de trecho cronometrado na quarta posição entre os quadriciclos, durante a segunda etapa da 26º Rally dos Sertões, nesta segunda-feira (20). No percurso que largou em Formosa e chegou em Posse, dentro do estado de Goiás, o niteroiense e seu Can-Am Renegade 1000cc completaram a especial de hoje em 4h38min04seg.

A maior prova fora de estrada do Brasil sempre põe em teste o mais concentrado dos pilotos e o melhor preparado dos equipamentos, ao extremo. Com Geison Belmont e seu quadriciclo não foi diferente. Após imprevisto na caixa de transmissão, que deixou a equipe fora da disputa da primeira etapa, o dia do piloto de Niterói (RJ) foi de recuperação.

“Começou  o rali pra mim na segunda etapa, foi uma prova bacana prazerosa de andar, traçado bem rápido só que traiçoeiro, e tentado em acelerar, já que tive que poupar o equipamento. Tive algumas preocupações durante o percurso, como a preservação da transmissão, pois utilizamos a reserva. O quadri não tá aquecendo, apesar do alto consumo. Durante a disputa quebrei a manopla do acelerador e tive que andar no ferro direto por 80 quilômetros. Consegui administrar bem a prova em ritmo de recuperação. Perdi algum tempo no percurso ao ultrapassar umas 15 motos e dar passagem para aproximadamente 20 UTVs. Se não fosse isso, teria ganho no pelotão”, analisa Belmont.

Para esta terça-feira, a expectativa é focar no título. “Amanhã,vou manter o ritmo, pensando no maior objetivo que é o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, pois as cinco primeiras etapas do Rally dos Sertões contam pontos, e estou na liderança com certa vantagem”, pondera o piloto.

Geison Belmont, quadriciclo #101 (Victor Eleuterio/Fotop)

Os 255 quilômetros da terceira etapa, que vai até Luís Eduardo Magalhães (BA), promete ser extremamente técnico. Começa repleto de trechos sinuosos, variando com areia, piçarras e muitos mata-burros. Em seguida, estradas largas e mais rápidas, para então, na segunda metade do percurso, voltar a travar com estradas menores e cruzamentos de pastagens. A última quarta parte da prova inclui subida de serra, passagem por zonas agrícolas, por estradas largas e de alta velocidade, para no final, nos cinco quilômetros finais, voltar a ter trechos travados.

Geison Belmont e a Meikon Rally Team são patrocinados por Meikon Metalúrgica, e têm apoio de Quadrijet, Casarini, Motobiu, Race Tech e Arisun.

 

Resultado da 2ª etapa – Formosa (GO) à Posse (GO) – Quadriciclos:
1) #106 Wescley Dutra, Girao Racing, 04h29min36seg
2) #102 George Ximenes, Yamaha Raptor 700, 04h31min20seg
3) #105 Giovanni Filho, Yamaha Raptor 700R, 04h36min59seg
4) #101 Geison Belmont, Meikon Rally Team, Can-Am Renegade 1000, 04h38min04seg
5) #107 Cival Alves, Yamaha Protótipo, 04h41min01seg
6) #104 Helio Pessoa, Yamaha Raptor 700, 17h36min39seg

Classificação (após duas etapas) – Quadriciclos:

1) #102 George Ximenes, Yamaha Raptor 700, 10h49min42seg
2) #106 Wescley Dutra, Girao Racing, 11h26min30seg
3) #105 Giovanni Filho, Yamaha Raptor 700R, 12h23min27seg
4) #107 Cival Alves, Yamaha Protótipo, 12h30min22seg
5) #101 Geison Belmont, Meikon Rally Team, Can-Am Renegade 1000, 32h48min04seg
6) #104 Helio Pessoa, Yamaha Raptor 700, 35h51min39seg

  Roteiro 26ª edição – Rally dos Sertões 2018

Terça (21/08)

3ª Etapa: Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)

Total do dia: 350 km (255 km trecho cronometrado)

 Quarta (22/08)

4ª Etapa: Luís Eduardo Magalhães (BA) – Barra (BA)

Total do dia: 478 km (355 km trecho cronometrado)

 Quinta (23/08)

5ª Etapa: Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)

Total do dia: 446 km (400 km trecho cronometrado)

 Sexta (24/08)

6ª Etapa: São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)

Total do dia: 603 km (226 km trecho cronometrado)

 Sábado (25/08)

7ª Etapa: Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)

Total do dia: 654 km (200 km trecho cronometrado)

  

Total geral: 3.607 km

Print Friendly, PDF & Email


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.