Maranhenses Fábio Cadasso/João Afro finalizam o 25º Rally dos Sertões com pódio

agosto 30, 2017 11:17 am
Cadasso Racing na última etapa do Rally dos Sertões, no sábado  (Doni Castilho/DFotos)

Cadasso Racing na última etapa do Rally dos Sertões, no sábado
(Doni Castilho/DFotos)

Cadasso e Afro comemoram na rampa de chegada, em Bonito (MS)  (Magnus Torquato/Fotop)

Cadasso e Afro comemoram na rampa de chegada, em Bonito (MS)
(Magnus Torquato/Fotop)

Roteiro desafiante, superação, adversidades, garra, foco, noites em claro, trabalho de equipe, estratégia, luta pelo pódio, adrenalina… tudo junto e misturado foram os ingredientes que fizeram parte da rotina dos maranhenses Fábio Cadasso e João Afro (#345) nos últimos sete dias, desde a largada em Goiânia (GO), 20, até a chegada a Bonito (MS) no sábado, 26. Mas o esforço foi recompensado e a dupla da Cadasso Racing finalizou a 25ª edição do Rally dos Sertões no pódio, com o 5º lugar na Production T2 e o 3º na TR4.

Cruzar a rampa de chegada na cidade de Bonito, teve um sabor mais que especial para a dupla de São Luís (MA). “Esse Sertões vai ficar para história foi superação atrás de superação. Vários carros ficaram pelo caminho e muito mais potentes que o nosso, mas é gratificante demais ao final de tanta batalha subirmos ao pódio e levar esses dois troféus para o Maranhão. Nosso muito obrigadoa aos parceiros que apostaram na nossa dupla e também aos nossos familiares e amigos”, diz o piloto Cadasso que completou o seu 5º Rally dos Sertões, com pódio.

A dupla vinha completando todas as etapas da prova, com Especiais (trechos cronometrados) bem técnicas, exigentes, todos os tipos de terreno e variação de pisos, mas teve um problema mecânico durante a 5ª etapa entre Barra do Garças (MT) e Coxim (MS) e não conseguiu completar o dia e nem largar para a penúltima etapa, pois chegou somente por volta das 7 da manhã. A equipe trabalhou duro e preparou o carro para a última etapa (26) e a dupla completou o último dia de prova, que não deu moleza aos competidores também.

“Não aliviaram nem no último dia, mas isto é o Sertões e são esses desafios que nos fazem voltar todos os anos. Foi uma etapa de 420 quilômetros com 240 de Especial, tivemos uns problemas mas finalizamos com muito esforço e deu até tempo de ajudar uma outra dupla. Deixamos nosso estepe com eles, porque isto é o verdadeiro espírito do rali, um dia a gente ajuda, no outro é ajudado”, conta Cadasso.

Desafio e superação a bordo da Pajero TR4 ao longo de 3300 km  (Gustavo Epifânio/DFotos)

Desafio e superação a bordo da Pajero TR4 ao longo de 3300 km
(Gustavo Epifânio/DFotos)

Para o navegador, o roteiro foi um dos mais desafiantes que fez. “Não teve Deserto do Jalapão, mas teve areia pesada e tudo que pode-se imaginar nas Especiais. A organização está de parabéns pelo roteiro que gostamos demais. E fechamos esta edição com dois troféus cada que valem ouro pelo que passamos!” , finaliza Afro.

A 25ª edição do Rally dos Sertões teve um roteiro de 3.300 quilômetros, dos quais 1999 de trechos cronometrados, com 260 participantes de 161 veículos, nas categorias carros, motos, quadriciclos e UTVs. O roteiro deste ano ficou concentrado somente no Centro-Oeste e desbravou as trilhas de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Resultados completos no www.sertoes.com

A equipe Cadasso Racing conta com o patrocínio do Governo do Maranhão e do Grupo Mateus, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, e conta com o apoio da Smart Pilots, Pipa Publicidade, Dr. Klevison Araujo (Clínica Le Corps), Dr. Josélio Lima (Special Pharma), Top Auto Service e Digital Certificadora. Mais informações sobre nas redes sociais da dupla: Facebook/ @pilotofabiocadasso, Instagram/@equipecadassoracing e Twitter/@equipecadassoracing

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.