Bruno Varela e João Arena são Campeões do Rally dos Sertões entre os UTV

agosto 30, 2017 11:24 am
Bruno Varela e João Arena levantaram poiera na caminhada para a vitória (Foto: Marcelo Machado/Fotop)

Bruno Varela e João Arena levantaram poiera na caminhada para a vitória (Foto: Marcelo Machado/Fotop)

A 25ª edição do Rally dos Sertões apresentou em Bonito (MS) novos campeões na categoria UTV. No trecho final do último dia da prova (Sábado – 28/8), a bordo de um Can-Am Maverick X3 a dupla Bruno Varela/João Arena (Can-Am/Divino Fogão/Blindarte/Arisun)

A competição teve início em Goiânia (GO), e depois de sete dias os competidores completaram 3.300 km de desafios.

Equipe Can-Am/Divino Fogão comemora vitória na UTV (Foto: Magnus Torquato/Fotop)

Equipe Can-Am/Divino Fogão comemora vitória na UTV (Foto: Magnus Torquato/Fotop)

“Finalmente conseguimos”, comemorou o jovem (21 anos) Bruno, o caçula da ‘Família da Poeira’, que nas duas últimas edições do principal evento do off-road nacional havia terminado em terceiro. “Estamos muito felizes, foi um Rally muito difícil. Com a ajuda dos meus irmãos, do João, meu navegador e de toda a equipe Divino Fogão fomos campeões”. Os seus irmãos mais velhos, Rodrigo e Gabriel Varela terminaram na 11ª e 12ª posições, respectivamente.

A disputa foi muito acirrada e só foi definida no finalzinho da prova. Depois de seis dias e percorridos mais de 2.500 km por três Estados do Centro-Oeste, Bruno Varela e João Arena largaram de Aquidauana (MS) com uma desvantagem de 1min24s que deveriam descontar na última Especial cronometrada, de 240,45 km. E conseguiram. Além de se recuperarem, abriram uma folga de 7min56s sobre Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3), que ficaram em segundo.

“Gostaria de agradecer muito o meu navegador João Arena, que durante todo o percurso ajudou a me controlar”, afirmou Bruno. “Fizemos uma estratégia muito boa e por isto estamos muito felizes neste momento histórico. O nosso UTV Maverick X3 foi bravo e não deu problema, terminou pronto para mais um Sertões. E o Bruno pilotou bem e mostrou muita maturidade”, enfatiza Arena, engenheiro agrônomo de Botucatu (SP).

Bruno Varela e João Arena comemoram vitória na UTV (Foto: Marcelo Maragni/Fotop)

Bruno Varela e João Arena comemoram vitória na UTV (Foto: Marcelo Maragni/Fotop)

O equipamento que a dupla Varela/Arena utilizou neste Rally dos Sertões foi fundamental o sucesso da equipe Can-Am/Divino Fogão/Blindarte/Arisun. “O UTV ajudou muito nessa conquista. Foi perfeito desde o início e não apresentou nenhum tipo avaria mecânica diante dos mais duros desafios. O único contratempo que tivemos foi com as rodas que importamos dos Estados Unidos, mas quando colocamos as peças originais do Maverick X3 resolvemos o problema”, acrescentou Bruno Varela, embaixador da Can-Am no Brasil.

A equipe Divino Fogão Rally Team participou do 25º Rally dos Sertões com uma picape protótipo e três UTVs, contando com uma formação com 60 pessoas, chefiada por Marcus Cotton, com estrutura composta por dois caminhões, um motor-home, dois trailers para 10 pessoas cada um, três camionetes, dois carros e duas motos de apoio.

Bruno Varela e João Arena caminham para a vitória entre os UTV (Foto: Gustavo Epifanio/Fotop)

Bruno Varela e João Arena caminham para a vitória entre os UTV (Foto: Gustavo Epifanio/Fotop)

Após sete etapas, os dez primeiros na classificação final dos UTV no Rally dos Sertões foram:

1) Bruno Varela/João Arena, Can-Am Maverick X3, 25h38min22s61;

2) Lucas Barroso/Breno Rezende, Can-Am Maverick X3, a 7min56s;

3) Ismar Junior/André Galvão de Sá, Can-Am Maverick X3 XRS, a 29min43s;

4) Edu Piano/Solon Mendes, Can-Am Maverick X3 XRS, a 35min48s;

5) Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira, Can-Am Maverick X3, a 41min54s;

6) Enrico Almeida/Fabio Pedroso, Can-Am Maverick X3, a 57min21s;

7) Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama, Can-Am Maverick X3, a 1h24min56s;

8) Gabriel Cestari/Edgar Fabre, Can-Am X3 XRS, a 1h39min54s;

9) Daniel Mahseredjian/Sano Chermont, Can-Am Maverick X3 XRS, a 1h43min59s;

10) Rodrigo Betti/Daniel crema, Can-Am Maverick X3, a 2h16min35;

11) Rodrigo Varela/Idali Bosse, Can-Am Maverick X3, a 2h37min00s;

12) Gabriel Varela/Gabriel Morales, Can-Am Maverick X3, a 3h04min07s.

A Família da Poeira tem o patrocínio de Can-Am, Divino Fogão, Blindarte, Arisun, e apoio de Colonial Racing e Maccain.

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.