Equipe Bulldog Racing… Vai encarar?

agosto 24, 2016 4:17 pm
A Bulldog Racing enfrentará sete dias de disputas pelo sertão do Brasil  Foto: Gustavo Epifanio/FotoArena

A Bulldog Racing enfrentará sete dias de disputas pelo sertão do Brasil Foto: Gustavo Epifanio/FotoArena

Rally dos Sertões 2016 será realizado de 03 a 10 de setembro, entre Goiânia e Palmas. A competição é destinada para quem tem coragem e resistência

Está chegando o 24º Rally dos Sertões... E a Bulldog Racing estará lá  - Foto: Sanderson Pereira/Photo-S Imagens

Está chegando o 24º Rally dos Sertões… E a Bulldog Racing estará lá – Foto: Sanderson Pereira/Photo-S Imagens

Prontos para suportar o calor e o cansaço… Fortes para encarar os mais diversos obstáculos off-roaders em alta velocidade e concluir as sete etapas do 24º Rally dos Sertões sem fadigar. O piloto Flávio Lunardi e o navegador Fred Budtikevits terão pela frente sete dias de competição e um roteiro de 3.143 quilômetros que percorrerão os Estados de Goiás, Bahia e Tocantins.

Com uma Chevrolet S10 preparada e com apoio da Rally SC, a Bulldog Racing disputará o pódio da categoria Production T2, e já traçou a sua estratégia para alcançar um bom resultado. “Primeiro, teremos de respeitar os limites do veículo. Por melhor preparada que a picape esteja, os obstáculos que teremos ao longo do caminho são bem difíceis e exige do equipamento, sobretudo, do conjunto de suspensão. Haverá setores de trial, com muitas erosões e lajes de pedra que, literalmente,‘retorcem’ o carro, por isso, todo cuidado será pouco. Em segundo, será fundamental identificar onde poderemos acelerar e, aí sim, buscar tempo”, declarou Lunardi.

De acordo com o piloto, o Rally dos Sertões é uma prova que demanda inteligência e experiência, e não perdoa os competidores mais afobados. “É um rali de longa duração, por isso, a vitória vem no dia-a-dia; já a derrota, te pega em um segundo! Uma quebra mais séria, pode te tirar da competição. Um pneu furado, te faz cair posições. Ou seja, esta é uma das provas mais bem elaboradas, estratégicas e de alto nível que conheço”, disse.

E são exatamente essas qualidades que a organização do evento preza. A Dunas Race escolheu para 2016 um roteiro que, segundo ela, será um dos mais técnicos e desafiadores de sua história; com largada em Goiânia (GO) e chegada em Palmas (TO), passará pelos municípios de Padre Bernardo (GO), Cavalcante (GO), Posse (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Mateiros(TO), e Ponte Alta (TO).

O 24º Rally dos Sertões contará com um grid de 159 veículos, entre carros, motos, quadriciclos, UTVs e o retorno da modalidade, rali de regularidade. Novamente, o Autódromo Internacional de Goiânia será a base de apoio do evento até a largada do primeiro dia, e local onde serão realizados a secretaria de prova, briefing e prólogo. A abertura dos boxes será no dia 31 de agosto.

Piloto e navegador já traçaram suas estratégias para alcançar um bom resultado - Foto: Sanderson Pereira/Photo-S Imagens

Piloto e navegador já traçaram suas estratégias para alcançar um bom resultado – Foto: Sanderson Pereira/Photo-S Imagens

Programação – 24º Rally dos Sertões

03 de setembro – Sábado
Prólogo do Rally dos Sertões (Cidade Alpha Goiás)
Cerimônia Oficial de Abertura (Hino e Fogos)
Largada Promocional (Autódromo Internacional de Goiânia)

04 de setembro – Etapa 1
Goiânia (GO) – Padre Bernardo (GO)
Deslocamento inicial: 247,92 Km
Trecho especial: 112,08 Km
Deslocamento final: 300 metros
Total do dia: 360 km

05 de setembro – Etapa 2
Padre Bernardo (GO) – Cavalcante (GO)
Deslocamento inicial: 35,09 km
Trecho especial: 373,83 km
Deslocamento final: 9,63 km
Total do dia: 418,5 quilômetros

06 de setembro – Etapa 3
Cavalcante (GO) – Posse (GO)
Deslocamento inicial: 12,7 km
Trecho especial: 386,46 km
Deslocamento final: 243,94 km
Total do dia: 643 km

07 de setembro – Etapa 4
Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 189,7 km
Total do dia: 566 km

08 de setembro – Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) – Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 428 km
Deslocamento final: 0
Total do dia: 463 km

09 de setembro – Etapa 6
Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 0
Trecho especial: 491 km
Deslocamento final: 7 km
Total do dia: 498 km

10 de setembro – Etapa 7
Ponte Alta (TO) – Palmas (TO)
Deslocamento inicial: 4,6 km
Trecho especial: 192 km
Deslocamento final: 2 km
Total do dia: 198 km

A equipe Bulldog Racing tem patrocínio de Luna Incorporadora. E apoio de Henz Engenharia

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.