RN 1500 terminou com uma etapa extremamente dura

abril 25, 2016 12:46 pm
MS Rally conquistou a terceira posição no RN 1500 pela categoria Protótipos  (Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

MS Rally conquistou a terceira posição no RN 1500 pela categoria Protótipos
(Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

E a MS Rally finalizou a competição na terceira colocação da categoria Protótipos. Foram quatro dias de disputas e cerca de 1 mil quilômetros percorridos pelo interior do Rio Grande do Norte. Competição também somou pontos pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

18º Rally RN 1500 terminou neste domingo, em Natal, RN, após percorrer 1 mil km  (Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

18º Rally RN 1500 terminou neste domingo, em Natal, RN, após percorrer 1 mil km
(Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

O piloto Mauro Guedes e o navegador Neurivan Calado completaram mais um desafio do calendário de competições assumido pela MS Rally nesta temporada de 2016. O 18º Rally RN 1500 foi o segundo evento do ano para a equipe, que concorre ao título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country pela categoria Protótipos, a bordo de uma picape Mitsubishi Triton SR, com motor V8. O certame teve largada no dia 21 de abril e, após percorrer aproximadamente 1 mil quilômetros terminou neste domingo, 24. A largada e chegada foram realizadas em Natal, com pernoites em Guamaré e Currais Novos, RN.

A dupla teve uma excelente atuação e, depois de sobrepor alguns percalços recuperou o prejuízo e finalizou a prova em terceiro lugar no ranking acumulado da categoria Protótipos e quinta colocação da Geral, com 09h16min03s. “Gostamos bastante desta edição do RN 1500, pontuamos bem e o nosso carro está muito bom. Acredito que atingimos o acerto mecânico da picape a fim de que ela não apresente problemas, e nos dê a segurança necessária para buscar melhores resultados. Para as próximas etapas do Brasileiro será uma ascensão na qual nosso objetivo é o título de 2016″, declarou o piloto.

O quarto e último dia do RN 1500 teve 244 quilômetros e partiu da cidade de Currais Novos às 7h rumo a Natal. O trecho cronometrado apresentou 105 quilômetros e foi o mais difícil deste ano, segundo Neurivan. “Foi quebradeira total, com muitas pedras, abismos e regiões de serra. Havia algumas falhas na planilha que nos induziram a erros (bem como nossos concorrentes também). Mas no geral , foi uma disputa excepcional, com paisagens espetaculares”, disse o navegador.

Os dois primeiros dias do evento também valeram pelas 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, tendo a MS Rally pontuado em segundo e terceiro lugar, a cada dia. “Isso nos rendeu uma pontuação importante para a classificação da temporada nacional. Agora, é focar nas próxima disputa, o 10º Rally Cuesta Off-Road, no mês de maio, em Botucatu, SP”, apontou Mauro.

Próximo desafio da MS Rally será em maio, com o 10º Rally Cuesta Off-Road  (Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

Próximo desafio da MS Rally será em maio, com o 10º Rally Cuesta Off-Road
(Sanderson Pereira/Photo-S Imagens)

Classificação final – 18º Rally RN 1500

Carros

1º Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, 08h30min40s
2º Luiz Facco e Humberto Ribeiro, 08h44min55s
3º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 08h49min22s
4º Gunther Hinkelmann e Vinicius Castro, 08h52min17s
5º Mauro Guedes e Neurivan Calado, 09h16min03s
6º Cristian Domecg e Weidner Moreira, 09h43min57s
7º Cléber Rodrigues Rosa e João Victor Ribeiro, 09h45min49s
8º Diogo Rocha Nasser e /Janio Tisunaga, 10h08min57s
9º Bartolomeu de Carvalho e Du Sachs, 10h15min59s
10º Alberto Carlos Bezerra e Arthur Di Pace, 10h48min15s

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.