Mundial de Rally Cross Country: Varela e Gugelmin atrás de outro pódio na Rússia

fevereiro 19, 2016 12:42 pm
No ano passado Varela e Gugelmin correram com picape Toyota (Foto: Marian Chytka/Divulgação)

No ano passado Varela e Gugelmin correram com picape Toyota (Foto: Marian Chytka/Divulgação)

Novamente a Copa do Mundo de Rally Cross Country vai ter início com o Baja Russia – “Floresta do Norte”, de 20 a 22 de fevereiro, reunindo cerca de 40 duplas de 10 países para percorrerem em três dias mais de 350 km, apenas na neve e gelo, passando de temperaturas ambientes de -2 graus a – 30 graus centígrados.

Reinado Varela (D) e Gustavo Gugelmin (E) ficaram em terceiro em 2015 (Foto: Marian Chytka/Divulgação)

Reinado Varela (D) e Gustavo Gugelmin (E) ficaram em terceiro em 2015 (Foto: Marian Chytka/Divulgação)

A dupla brasileira formada pelo paulista Reinaldo Varela e o catarinense Gustavo Gugelmin (Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis), que nas duas últimas temporadas terminou esta prova subindo no pódio, com o terceiro lugar, vai fazer uma viagem de 23 horas de duração com o objetivo de brigar novamente pelas primeiras posições neste ano.

“Faz dois anos seguidos que conseguimos alcançar o pódio na Rússia, ficando entre os três primeiros, e queremos repetir essa classificação, pois esse é o início de um Mundial longo, com dez etapas”, aponta Gugelmin, que ao lado de Varela terminou o campeonato de 2015 na terceira posição. Os campeões foram Nasser Al Attiya (Catar)/Matthieu Baumel (França), com os russos Vladimir Visilyev/Konstantin Zhiltsov em segundo.

Para este início de temporada, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin vão correr pela equipe russa G-Force Motorsport, de São Petersburgo, de propriedade do russo Boris Gadasin, que já venceu o Baja Floresta do Norte por algumas vezes, antes da prova ter validade pelo campeonato mundial.

“Ao longo do ano passado ele nos fez uma proposta de experimentar o G-Force Proto, um protótipo com motor V8 americano. Decidimos aceitar pela experiência que eles têm no piso com neve, pois novamente estará entre 0 e 20 graus centígrados negativos”, conta o piloto Reinaldo Varela, único brasileiro a conquistar dois títulos de Campeão Mundial de Rally Cross Country (2001 e 2012). “Eu e o Reinaldo queremos aperfeiçoar ainda mais nosso desempenho na neve, e por isso a opção de correr em uma equipe local”, emendou o navegador.

“A expectativa realmente é a gente aprender um pouco mais sobre andar na neve e no gelo, e por isto escolhemos uma equipe russa para esta primeira prova. Vamos fazer uns treinos junto com eles, então acho que isto vai ajudar bastante no resultado”, afirma o experiente Varela. “Sabemos que é um carro bom e se der tudo certo, vamos novamente para o pódio, mas agora queremos subir mais degraus nele”, planeja Gugelmin.

O Baja Floresta do Norte vai ser realizado no noroeste da Rússia, com o Prólogo no centro da cidade de Sortavala, a apenas 5 km de distância da fronteira com a Finlândia. As etapas especiais com mais de 170 km atravessarão florestas preservadas de pinheiros das regiões de Sortavala e Suojärvi, na República de Karelia, em estradas na qual é possível passar apenas em um snowmobile, e que será um excelente campo de testes para carros de corrida off-road.

O certame mundial de 2016 tem dez etapas, prosseguindo nos Emirados Árabes Unidos, Catar, Egito, Itália, Espanha, Hungria, Polônia, Marrocos e Portugal.

Calendário da Copa do Mundo FIA de Rally Cross Country 2016:
20 a 22/2 – Baja Rússia – Floresta do Norte
03 a 07/4 – Abu Dhabi Desert Challenge (Emirados Árabes Unidos)
17 a 22/4 – Sealine Cross Country Rally (Catar)
08 a 15/5 – Rali dos Faraós (Egito)
23 a 26/6 – Baja da Itália
22 a 24/7 – Baja da Espanha
11 a 14/8 – Baja da Hungria
25 a 28/8 – Baja da Polônia
03 a 08/10 – Rali do Marrocos
28 a 30/10 – Baja Portalegre – Portugal

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin tem o patrocínio de Divino Fogão e apoios de Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis.

WWW.YOUTUBE.COM/MAISOFFROAD

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.