Rally Transcatarina bateu recorde de inscritos e novamente superou as expectativas dos competidores

julho 27, 2015 7:06 pm
Máster: Rone Branco e Enedir Silva venceram mais um dia do Rally Transcatarina - Foto:  Duda Bairros/DFOTOS

Máster: Rone Branco e Enedir Silva venceram mais um dia do Rally Transcatarina – Foto: Duda Bairros/DFOTOS

Depois de alguns dias com céu nublado e chuva, finalmente, neste sábado, o Sol apareceu na região Norte de Santa Catarina e amenizou o frio… Frio este que os participantes do 7º Rally Transcatarina não sentiram desde que largaram de Fraiburgo, no dia 16, dada as elevadas doses de emoções e adrenalina que eles sentiram na busca pelo pódio da competição. O roteiro passou por Timbó Grande, Canoinhas, Major Vieira e Rio Negrinho, de onde partiram rumo a Corupá para a grande chegada em Jaraguá do Sul, SC. No total foram percorridos 830 quilômetros, entre trechos cronometrados e deslocamentos.

Jeep: Kassiano Kerber e Francisco Sette foram os mais regulares da etapa - Foto:  Duda Bairros/DFOTOS

Jeep: Kassiano Kerber e Francisco Sette foram os mais regulares da etapa – Foto: Duda Bairros/DFOTOS

A etapa derradeira teve 180 quilômetros – com 110 quilômetros navegados – concluídos em sete horas. Pela manhã, a prova passou por plantações de eucalipto, em meio a estradões que apresentaram um pouco de cascalho, terreno liso e travessias de rios. No período da tarde, o rali adentrou propriedades particulares de cultivo de bananas.

Em uma pista montada no Seminário de Corupá, o chão molhado fez com que os veículos patinassem, exigindo braço dos pilotos. Por fim, um circuito de terra de 2 quilômetros no Ginásio Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul, deu o toque final do Rally Transcatarina com terreno firme, que levantou poeira.

Uma novidade de 2015 foi que a SC Racing criou a categoria “Amigos do Rally”, com etapa somente neste sábado, ou seja, prova única. Esse grupo foi criado especialmente para aqueles não puderam participar dos três dias de competição. Somados as duplas desta nova categoria, o Rally Transcatarina bateu recorde de inscritos, totalizando 190 duplas, vindas de dez Estado do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Os imbatíveis de sábado

Uma etapa decisiva para quem estava na briga pelo título; era vencer ou vencer! Porém, como administrar um resultado em três dias de certame cujo terreno (escorregadio) foi uma verdadeira loteria? Para algumas duplas isso foi possível.

E, em uma disputa insana pelo primeiro lugar do terceiro e último dia do Rally Transcatarina, Rone Branco e Enedir da Silva Júnior foram os vitoriosos. Eles foram seguidos por Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowski, e Acyr Hideki e Renan Medeiros, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Fabio Torcato e Robson Roloff foram os campeões na categoria Amigos do Rali - Foto: Duda Bairros/DFOTOS

Fabio Torcato e Robson Roloff foram os campeões na categoria Amigos do Rali – Foto: Duda Bairros/DFOTOS

Na Graduados, Flávio Trento e Alberto Minski foram os mais habilidosos e por isso subiram no topo do pódio. Logo atrás, Denis Lutke e Márcio Pilz, em segundo lugar, e Victor Pudell e Caio Boscollo, em terceiro.

Pela Turismo, os vencedores do dia foram Alan Gratt e Michael Masson. Na segunda colocação ficaram André Pereira e Marcelo Detoni, e em terceiro, Leonardo Falcade e Davi Dal Bosco.

Na Jeep, os primeiros colocados foram Kassiano Kerber e Francisco Sette, com Aroldo Nery e Fabio Zagonel em segundo lugar, e Guilherme Melere e Felipe Fuenteria, em terceiro.

E na estreia da categoria Amigos do Rali, os vencedores foram Fábio Torcato e Robson Roloff. Na segunda posição vieram Robson Batista e Wilson Batista, com Cristiano Silva e Fabio Bilhalva, em terceiro.

Todo o esforço valeu a pena

Ninguém disse que seria fácil, mas todos acreditaram que seria possível encarar a todas as adversidades do roteiro, que receberam um incremento especial das chuvas… E que incremento! Este que rendeu muito barro, poças d’água e carros deslizando por um “chão de sabão”.

A diversidade de terrenos – com predominância de lama -, exigiu força nos braços dos pilotos e agilidade de raciocínio dos navegadores, entretanto, o entrosamento da dupla e o conhecimento do comportamento/limites do veículo foram indispensáveis para aqueles que conquistaram a maior pontuação no ranking geral do maior rali de regularidade do País.

Puderam olhar para trás e saudar todos os esforços despendidos para conquistar o título do Rally Transcatarina, a dupla Rone Branco e Enedir Silva Júnior, pela categoria Máster. “Tivemos um problema no pneu neste último dia e isso nos fez desacreditar na vitória. Alcançar esse título é uma sensação muito especial”, disse Rone. Os vice-campeões foram Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowski, seguidos por Acyr Hideki e Renan Medeiros.

Na Graduado, o grito de vitória foi dado por Júlio César Bonotto e Deividi Nardi. “Agradeço ao meu navegador e, principalmente, a nossa equipe de apoio que nos motivou a todo o instante e torceu muito por nós”, comemorou Bonotto. Eles ficaram a frente de Victor Pudell e Caio Boscollo, e Denis Lutke e Márcio Pilz, que ocuparam a segunda e terceira colocação, respectivamente.

Orli Katzer e Gustavo Katzer conquistaram o primeiro lugar da Turismo. “Foi um resultado inesperado para nós. Tivemos algumas dificuldades que nos fizeram desacreditar que venceríamos. Foi uma grande surpresa e estamos felizes demais por isso”, declarou Gustado. Em segundo lugar ficaram Alan Gratt e Michael Masson, e em terceiro, Renato de Almeida e André Lenger.

Para encerrar, os vencedores da Jeep foram Kassiano Kerber e Francisco Sette. “Esse é o nosso segundo ano, e infelizmente, no outro nada deu certo para nós. Mas agora, mais do que chegar a final, conquistamos a vitória e esse sentimento não tem explicação”, falou Sette. Eles foram seguidos por Aroldo Nery e Fábio Zagonel, e Guilherme Melere e Felipe Fuentefria, que ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

E ano que vem tem mais

O Rally Transcatarina 2015 encerrou, mas as inscrições para 2016 já estão abertas pelo site www.transcatarina.com.br. E acredite, quem é fã, não perde tempo e garante logo a sua vaga.

Classificação – terceiro dia do 7º Rally Transcatarina
Resultado completo em www.transcatarina.com.br

Pódio final da categoria Máster

Pódio final da categoria Máster

Categoria Máster

1° Rone Branco e Enedir Silva, 77 pontos
2° Flávio Kath e Rafain Walendowski, 73 pontos
3° Acyr Hideki e Renan Medeiros, 64 pontos
4° Oscar Schmidt e Gustavo Schmidt, 62 pontos
5° Elvis Bonatti e Carlos Brandenburgo, 60 pontos

Categoria Graduado

1° Flávio Trento e Alberto Minski, 69 pontos
2° Denis Lutke e Márcio Pilz, 67 pontos
3° Victor Pudell e Caio Boscollo, 66 pontos
4° Júlio César Bonotto e Deividi Nardi, 64 pontos

Pódio final da categoria Graduado

Pódio final da categoria Graduado

5° Rafael Cardoso e Marcelo Ritter, 59 pontos

Categoria Turismo

1° Alan Gratt e Michael Masson, 71 pontos
2° André Pereira e Marcelo Detoni, 64 pontos
3° Leonardo Falcade e Davi Dal Bosco, 62 pontos
4° Orli Katzer e Gustavo Katzer, 60 pontos
5° Luís Redlich e Marco Redlich, 58 pontos

Categoria Jeep

1º Kassiano Kerber e Francisco Sette, 77 pontos

Pódio final da categoria Turismo

Pódio final da categoria Turismo

2º Aroldo Nery e Fabio Zagonel, 75 pontos
3º Guilherme Melere e Felipe Fuenteria, 50 pontos

Categoria Amigos do Rally

1º Fabio Torcato e Robson Roloff, 73 pontos
2º Robson Batista e Wilson Batista, 73 pontos
3º Cristiano Silva e Fabio Bilhalva, 69 pontos
4ºLeonardo Menarim e Adriana Micheli, 67 pontos
5º Rui Schmitz e Verner Froehlich, 66 pontos

Classificação Geral do 7º Rally Transcatarina
Resultado completo em www.transcatarina.com.br

Pódio final da categoria Jeep

Pódio final da categoria Jeep

Categoria Máster

1° Rone Branco e Enedir Silva Júnior, 175 pontos
2° Flávio Kath e Rafain Walendowski, 175 pontos
3° Acyr Hideki e Renan Medeiros, 155 pontos
4° Oscar Schmidt e Gustavo Schmidt, 155 pontos
5° Elvis Bonatti e Carlos Brandenburgo, 147 pontos

Categoria Graduado

1° Júlio César Bonotto e Deividi Nardi, 161 pontos
2° Victor Pudell e Caio Boscollo, 151 pontos
3° Denis Lutke e Márcio Pilz, 143 pontos
4° Ednilso Borguezani e Joel Kravtchenko, 133 pontos
5° Raniero Laghi e Volnei da Silva, 131 pontos

Categoria Turismo

1° Orli Katzer e Gustavo Katzer, 154 pontos
2° Alan Gratt e Michael Masson, 154 pontos
3° Renato de Almeida e André Lenger, 145 pontos
4° Luís Redlich e Marco Redlich, 140 pontos
5° Sérgio Ricci e Augusto Zimmerman, 137 pontos

Categoria Jeep

1° Kassiano Kerber e Francisco Sette, 183 pontos
2° Aroldo Nery e Fábio Zagonel, 183 pontos
3° Guilherme Melere e Felipe Fuentefria, 163 pontos
4° Francisco Gommersbach e Lucas Gommersbach, 140 pontos

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.