Helena Deyama se destaca entre os 44 UTVs no Rally de Barretos

março 7, 2015 9:34 pm

No primeiro dia de disputas, Helena acelerou e fez bonito na categoria Production com o novo Polaris RZR XP 1000 no exigente percurso do interior paulista

Polaris UTV RZR XP 1000 deu show no super prime com Helena Deyama - Foto:  Doni Castilho/DFotos

Polaris UTV RZR XP 1000 deu show no super prime com Helena Deyama – Foto: Doni Castilho/DFotos

Helena Deyama encara neste final de semana mais um grande desafio da sua trajetória. Conhecida no grid do Rally Cross Country nacional pelas participações vitoriosas conquistadas ao longo de quase duas décadas no off-road, Helena estreou no ano passado pilotando um UTV no Baja, na qual conquistou o título da categoria Marathon 850cc. Por isso, neste ano, decidiu continuar na modalidade que mais vem crescendo nos últimos tempos. Neste sábado (07), a paulista estreou no tradicional RallyMakers Barretos na categoria Production do Campeonato Brasileiro de Rally Baja a bordo do novo veículo um Polaris RZR XP 1000.

Lembrando que neste domingo (08), comemoramos o Dia das Mulheres, podemos dizer que Helena representou bem a classe feminina, ficando com a quinta colocação entre os 44 UTVs que participam da nona edição do RallyMakers Barretos, no interior paulista, a piloto esteve focada no primeiro dia de provas em conquistar um bom resultado. Na especial cronometrada de 138 quilômetros e no super prime (circuito fechado que contou com aproximadamente dois quilômetros), a piloto no acumulado do dia somou 02h06min48seg, garantindo a segunda posição na categoria Production.

Helena disse que as expectativas foram superadas no primeiro dia de disputas. “Estou surpresa com o resultado e foi um grande presente dos céus. Era uma incógnita! Não sabia o que poderia acontecer, por isso procurei me concentrar ao máximo para utilizar as habilidades que tenho e conseguir domar o novo carro, que realmente é desafiador e não aceita erro. A prova mostrou preciso que treinar muito e a experiência no rali contou pela minha falta de prática de lidar com o veículo ainda. Para mim posso considerar como uma vitória e estou feliz que a minha estratégia de ser conservadora deu certo”, festejou a competidora estimada por muitos pela sua coragem e determinação.

“Barretos é uma prova que tem uma característica que se repetiu hoje, sendo que as predominantes foram as lombas de todos os tipos, altas, rápidas, que lança, comprida e, as poças d’água. Outro fator deste rali é que leva vantagem quem consegue fazer uma boa leitura do terreno, tem de saber onde dá para passar e onde pode aliviar, por isso digo que ela é muito técnica, não se pode andar no limite o tempo todo”, destacou.

Piloto Helena Deyama estreia em nova categoria nos UTVs, a Production - Foto:  Luciano Santos/SigCom

Piloto Helena Deyama estreia em nova categoria nos UTVs, a Production – Foto: Luciano Santos/SigCom

No comparativo do UTV Polaris RZR 850 cc para o modelo RZR XP 1000 assegura que a diferença é total. “Gostei muito do carro, ele tem um equilíbrio sensacional e uma suspensão muito boa nas lombas, pois tem um curso mais longo e, nas poças me permitiu passar quase “flutuando”. A grande dificuldade encontrada foi nas curvas, porque a sensação que dá é que ele aderna muito, rola demais. Então tem que saber dosar e, hoje, por isso fiz uma prova bastante conservadora. O resultado foi excelente e sem susto, mas vai demorar um pouco para ter mais segurança na pilotagem, principalmente nessa fase inicial”, explicou.

Outro quesito positivo quanto ao novo veículo foi o aumento das médias de velocidade. “Fiquei muito contente com o Polaris XP 1000, em alguns trechos atingi a velocidade máxima, atingi um pouco mais de 126 km/h. Com modelo do ano passado, o máximo que chegava era 106 km/h”, complementou Deyama.

Para o domingo serão mais 140 quilômetros de trecho cronometrado, totalizando 350 quilômetros de percurso com os deslocamentos nos dois dias do evento – Helena está preparada para enfrentar o segundo dia do duro trajeto. “O meu UTV passou por uma revisão minuciosa pela equipe mecânica da Brasil Off Road para a especial do domingo, mas continuarei seguindo a estratégia de cautela”, finaliza.

Participam do certame nas categorias 19 carros e caminhões e 15 motos, nove quadriciclos e 44 UTVs. O Parque de Apoio das equipes está localizado no Parque do Peão, localizado no km 428 da Rodovia Brigadeiro Faria, em Barretos, onde acontece toda a programação de largada, chegada, Prólogo, Super Prime e premiação.

Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio da Academia Bio Ritmo, Luart Rally e Brasil Off Road.

Resultado acumulado do primeiro dia, especial 1 + Super Prime:

Categoria Production

1) André Macedo Correa, 02:04:29.4
2) Helena Deyama, 02:06:48.7
3) Wander Manoel Garcez Ribeiro, 02:07:29.4
4) José Mauro de Almeida Junior, 02:08:26.8
5) José Jorge de Barros Sawaya,02:08:43.5
6) Dimas de Mello Pimenta II, 02:12:20.7
7) Roberto Prado Sampaio, 02:12:23.3
8) Marcelo Cangueijo, 02:15:52.5
9) Luiz Claudio Rodrigues, 02:17:24.1
10) Rodrigo Cordaro, 02:21:35.6
11) Maurício Pena Rocha, 02:28:05.2
12) Marcelo Mistrorigo, 02:33:16.9
13) Vinicius Gomes da Silva, 02:40:42.3
14) Bruno Varela,03:01:29.1
15) Luiz Sidnei Gregório Azevedo, 03:05:00.0
16) Fernando Rodrigues Nunez, 03:05:00.0

Programação – 9º Cross Country Rallymakers Barretos

Domingo – 08 de março
08h – Largada da primeira moto na Prova Especial
10h30 – Largada do primeiro carro na Prova Especial
11h – Início Super Prime CBM – seguido de premiação
13h – Início Super Prime CBA – seguido de premiação
15h30 – Cerimônia de encerramento

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.