Equipe Mitsubishi Petrobras completa o primeiro dia de Rally Dakar

janeiro 5, 2015 2:00 pm

Etapa foi curta e muito rápida, mas exigiu atenção das duplas; Guiga e Youssef foram atrapalhados e perderam muito tempo

Carlos Sousa e Paulo Fiuza - Foto:  José Mario Dias / Mitsubishi

Carlos Sousa e Paulo Fiuza – Foto: José Mario Dias / Mitsubishi

O primeiro dia do Rally Dakar foi muito rápido, com um trecho de apenas 170 quilômetros entre Buenos Aires e Villa Carlos Paz, na Argentina. Com dois veículos na prova, a Equipe Mitsubishi Petrobras completou o trecho na 12a posição com Carlos Sousa / Paulo Fiuza e em 29o com Guilherme Spinelli / Youssef Haddad.

“Uma primeira especial simples, mas não fácil. Foi um trecho de alta velocidade, com freadas fortes e muitas curvas de 90o, algumas delas sem áreas de escape. Fiquei extremamente satisfeito com o ASX Racing e com o acerto do carro que fizemos antes de vir para cá. Para este tipo de especial funcionou muito bem”, comenta Guiga.

Primeiro dia teve etapa curta e rápida - Foto:  Victor Eleuterio / Mitsubishi

Primeiro dia teve etapa curta e rápida – Foto: Victor Eleuterio / Mitsubishi

Apesar do ritmo bom, a dupla não está satisfeita com a classificação de hoje. “O resultado não foi bom. Na primeira parcial estávamos com o 10o tempo, mas daí pra frente alcançamos o veículo do Cyril Despres e ele optou por não nos dar passagem. Fomos em um ritmo muito mais lento do que estávamos andando até o fim da especial. Saímos do 10o para o 29o, que é uma péssima posição de largada para amanhã”, relata Guiga. “Mas é ruim somente para a largada amanhã, não para a classificação da prova. Ainda tem muita coisa pela frente. O carro está em ordem e dupla andou bem. Vamos esquecer isso e andar rápido amanhã”, completa.

Em sua estreia no Dakar com o ASX Racing, o português Carlos Sousa está satisfeito com o primeiro dia. “Hoje foi uma especial para não perder tempo, muito rápida. Foi para dar uma nova ordem de largada amanhã. O carro está perfeito, muito equilibrado. Entramos com o pé direito, independente da posição”, comemora. “Foi bom para medirmos nossa condição com os outros pilotos. O carro estava ótimo. Agora é descansar e se preparar para amanhã”, comenta Fiuza.

Para o navegador Youssef Haddad, que também é engenheiro da Ralliart Brasil, o ASX Racing se mostrou muito bom logo no primeiro dia. “O carro está perfeito em todos os sentidos. Foi um dia para avaliarmos a temperatura em função das longas retas. Todo o carro está dentro dos parâmetros normais”, ressalta.

A especial de hoje foi curta e serviu para aprimorar a navegação e todos os detalhes para o restante da prova. “Um dia super tranquilo de navegação, não tinha nada significativo. Apenas uma nova regra, com a implantação dos carimbos dentro das zonas de radar, que nos dão mais segurança nos pontos de frenagem”, explica Youssef. O Guiga e eu combinamos dentro do carro: se não estiver divertido, é porque estamos lentos. E hoje foi um dia bem divertido. É essa postura que vamos ter no restante do rali.”

Etapa 2 – 05 de janeiro
Villa Carlos Paz / San Juan (ARG)
Deslocamento: 107 km
Especial: 518 km
Total: 625 km

Guiga Spinelli e Youssef Haddad - Foto: Victor Eleuterio / Mitsubishi

Guiga Spinelli e Youssef Haddad – Foto: Victor Eleuterio / Mitsubishi

No segundo dia, o Rally Dakar começa a mostrar as dificuldades e características de ser o maior rali do mundo. A especial de 518 quilômetros passará por trechos irregulares e os dois ASX Racing da Equipe Mitsubishi Petrobras encontrarão a areia pela primeira vez nesta prova.

“Será um dia completamente diferente de hoje, com um deslocamento curto e uma especial longa, a maior do rali. Será principalmente por estradas com um pouco de areia. Mas, provavelmente, não serão dunas difíceis. As estradas serão sinuosas, alternando com pisos rápidos”, prevê Guiga Spinelli.

“Vamos pra frente, pra cima sempre. Tentar andar o mais rápido possível e ir o mais para frente possível. A segunda especial será completamente diferente, longa, e muito cansativa. Hoje foi só o aperitivo”, completa Guiga.

A Equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, Axalta e Protune.

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.