Mundial de Rally Cross Country: Varela e Gugelmin correm em Portugal

outubro 30, 2014 1:43 pm
Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão em Portugal, onde já venceram - Foto:  Foto: Ney Evangelista/DFotos

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin estão em Portugal, onde já venceram – Foto: Foto: Ney Evangelista/DFotos

Depois de terem dominado o Rally dos Sertões, vencendo o Prólogo e cinco dos sete dias da mais importante prova off-road do Brasil, onde amargaram o vice-título, a dupla Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors) volta a representar o Brasil nas competições internacionais, disputando neste final de semana (31/10 e 1º/11) o Baja Portalegre 500, em Portugal, última etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country.

“Teremos adversários muito fortes nesta etapa, pois será a decisão do Mundial. Mas a nossa expectativa é chegar entre os três primeiros e pelo menos repetir o nosso melhor resultado da temporada”, planeja Reinaldo Varela, Campeão Mundial de Rally Cross Country em 2001 e 2012.

A dupla paulista/catarinense venceu este rally de Portugal em sua categoria no ano de 2012, quando comemoraram a conquista do Campeonato Mundial. No ano passado, Varela/Gugelmin terminaram a prova no pódio, com um terceiro na classificação Geral. “Em 2013 estávamos liderando na Geral quando caiu o plug da bateria e o carro morreu. Isto foi o suficiente para perdermos a prova”, lembrou o navegador Gustavo Gugelmin.

Varela e Gugelmin quase venceram o Rally dos Sertões - Foto:  Foto: Donizetti Castilho/DFotos

Varela e Gugelmin quase venceram o Rally dos Sertões – Foto: Foto: Donizetti Castilho/DFotos

A 28ª Edição do Baja em Portugal começará com o Prólogo, na sexta-feira (31/10), em Portalegre, na região do Alentejo, uma das zonas mais quentes do país, divisa com a Espanha. “O prólogo será na região de sempre e a gente já sabe como vai ser”, antecipa Gugelmin.

No sábado (01/11) de manhã os participantes fazem a tradicional Volta Sul (180 km), com partida e chegada em Portalegre. Já de tarde, a partida para a Volta Norte (210 km) é feita do Crato após 20 km de ligação, com a chegada a ser feita novamente em Portalegre. “As Especiais são de chão batido, com pedras. As estradas são estreitas e cercadas de muros dos dois lados”, continua.

A prova passará pelos Concelhos de Gavião, Ponte de Sor, Alter do Chão, Avis, Fronteira e Sousel. “Passamos no meio de várias vilazinhas e cruzamos bastante o asfalto. É uma prova que a gente sempre se dá bem”, conclui o catarinense. Apesar do município de Portalegre ter apenas 25 mil habitantes, por ocasião do Baja a prova é acompanhada por até 250 mil fanáticos torcedores.

Varela/Gugelmin querem terminar entre os 3 primeiros - Foto:  Foto: Ney Evangelista/DFotos

Varela/Gugelmin querem terminar entre os 3 primeiros – Foto: Foto: Ney Evangelista/DFotos

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin ocupam a sétima posição no Mundial de Rally Cross Country, apesar de terem perdido quatro etapas. “Este ano o campeonato ficou comprometido porque prezamos pela nossa segurança. Não fomos ao Egito, por causa dos conflitos internos, ao Marrocos, por causa do vírus Ebola, e na Polônia e na Hungria não comparecemos porque priorizamos a participação no Rally dos Sertões, que aconteceu na mesma ocasião. Mas isto não muda nada, vamos atacar em busca da vitória”, avisa o experiente Reinaldo Varela.

Confira os dez primeiros na Copa Mundial de Rally Cross Country depois de nove etapas: 1) Vladimir Vasilyev (Russia)/Konstantin Zhiltson (Russia), 192; 2) Nasser Al-Attiyah (Catar)/Mathieu Baumel (França), 136; 3) Yazeed Al-Rajhi (Arábia Saudita)/Timo Gottschalk (Alemanha), 120; 4) Marek Dabrowski (Polônia)/Jacek Czachor (Polônia), 99; 5) Miroslav Zapletal (República Checa)/Maciej Marton (Polônia), 94; 6) Adam Malyz (Polônia)/Rafal Marton (Polônia), 89; 7) Reinaldo Varela (Brasil)/Gustavo Gugelmin (Brasil), 56; 8) Martin Kaczmarski (Polônia)/Tappio Suominem (Polônia), 54; 9) Erik Van Loon (Holanda)/Wouber Rosegaar (Holanda), 48; 10) Orlando Terranova (Argentina)/Bernardo Graue (Argentina), 37.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin tem o apoio de Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors.

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.