Marcelo Damini e Carlos Brites garantem pódio ao final do Rally dos Sertões

setembro 2, 2014 4:30 pm
Ao final, quinto lugar na Production T2 - Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

Ao final, quinto lugar na Production T2 – Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

Marcelo Damini e Carlos Brites encararam várias adversidades e surpresas neste 22º Rally dos Sertões, mas ao final, cruzaram a linha de chegada, em Belo Horizonte (MG), com a sensação de dever cumprido, ao garantir a quinta colocação na categoria Production T2. A dupla da Equipe Candide finalizou no último sábado (30), a sétima e última etapa desta edição, entre Diamantina e a capital mineira, foram 332,16 quilômetros de distância até a Igreja São Francisco de Assis, na Lagoa da Pampulha.

No último percurso, a organização ainda reduziu a distância da etapa de 125,88 quilômetros para 74,2 devido a um acidente com o carro de um competidor de outra categoria. A dupla terminou a sétima Especial em nono. Damini, único piloto da Baixada Santista, litoral paulista, no rali avaliou a participação da equipe: “Foi um Sertões diferente, em todos os sentidos. Trocamos de carro e de categoria e passamos por uma nova experiência. Porém, ao longo do rali, percebemos que a Mitsubishi TR4 ER não atendia ao nível de competitividade que estávamos acostumados com a Triton. Mesmo assim, garantimos o quinto lugar na Production T2″, explica o piloto .

Segundo Damini, é sempre prazeroso e desafiador participar da maior prova off-road do Brasil. “Tivemos também incidentes que comprometeram o nosso resultado final, mas foi mais um aprendizado. É o meu quinto Sertões e sempre é uma superação completar as etapas. São dias inesquecíveis, mesmo com as dificuldades. Mas ano que vem pretendemos estar aqui novamente”, destaca o piloto que foi vice-campeão em 2011 e 2013, na Super Production.

Equipe distribuiu 2mil brinquedos ao longo do rali - Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

Equipe distribuiu 2mil brinquedos ao longo do rali – Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

É a segunda vez que Damini e Brites competem um Rally dos Sertões juntos. A última vez foi em 2011, quando a dupla foi vice-campeã na Super Production. Nesta edição, mesmo não atingindo o resultado esperado, Brites comemorou por completar mais uma vez. “Retornar ao grid depois de três anos foi muito bom. É muito prazeroso e recompensador participar do Sertões, porque sempre é um aprendizado. Completamos a prova, cruzamos a rampa de chegada e finalizamos com dever cumprido, em vista de muitos outros competidores que não conseguiram chegar até aqui”, explica o navegador, paulista, que reside no Rio de Janeiro.

Ao todo, a Equipe Candide percorreu 2.679 quilômetros de Goiás até Minas Gerais, passou por sete cidades – Goiânia, Caldas Novas, Catalão, Paracatu, São Francisco, Diamantina e Belo Horizonte entre 23 e 30 de agosto.. Excepcionalmente neste ano, o Sertões teve sete etapas, enquanto nas edições anteriores foram dez.

Rali com solidariedade – Além de competir, ao longo de toda a 22ª edição, a equipe distribuiu cerca de dois mil brinquedos em vilarejos e cidades por onde a caravana do rali passou. Este foi o quinto ano consecutivo, que o piloto Marcelo Damini realiza esta ação social. Na primeira vez, no Rally dos Sertões 2010, foram mil brinquedos distribuímos e, a partir de 2011, a quantidade dobrou e a cada edição são dois mil. A Candide é a maior empresa do segmento de brinquedos, com capital nacional, e tem 45 anos de tradição no setor.

Confira no Facebook da Equipe Candide tudo o que aconteceu durante o Rally dos Sertões http://migre.me/l6FNd . Mais informações sobre a prova e resultados no www.sertoes.com

A dupla Marcelo Damini e Carlos Brites é patrocinada pela Candide.

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.