Rally dos Sertões: Baumgart/Andreotti vence com jogo de equipe e embola briga pelo título nos carros

agosto 29, 2014 8:00 pm
Salvini Racing passou apertado pelo trecho de hoje - Foto: Marcelo Machado/Webventure

Salvini Racing passou apertado pelo trecho de hoje – Foto: Marcelo Machado/Webventure

Dupla comemora vitória, com ajuda dos companheiros Marcos Baumgart e Kleber Cincea. Varela/Gugelmin termina em 2º. Spinelli/Haddad fica em 3º e lidera no geral com pouco mais de três minutos de vantagem. Decisão promete na chegada a BH neste sábado. Nos caminhões, Piano/Mendes/Sales fatura mais uma

29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total: 204,29 km

Jorley/Maykel: na ponta da categoria Pro Brasil  - Foto: Jonne Roriz/Webventure

Jorley/Maykel: na ponta da categoria Pro Brasil – Foto: Jonne Roriz/Webventure

A sexta e penúltima etapa da 22ª edição do Rally dos Sertões, disputada nesta sexta-feira (dia 29), em Diamantina (MG), teve uma briga de tirar o fôlego entre os carros. A dupla Cristian Baumgart e Beco Andreotti (X Rally Team / NWM) contou com a ajuda dos companheiros Marcos Baumgart e Kleber Cincea (X Rally Team / NWM) para faturar a primeira vitória neste rali, superando em dois segundos Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Divino Fogão Rally Team / Overdrive).

Os líderes no geral e na T1 FIA, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad (Mitsubishi Petrobras), ficaram em terceiro no dia, a menos de um minuto dos vencedores. Neste sábado (30), os competidores partem para a última etapa – entre Diamantina e Belo Horizonte (MG) – e a diferença entre os primeiros é de pouco mais de três minutos. Será uma disputa apertada em cada um dos 125,88 km da especial final.

No formato de laço, a especial de sexta-feira contou com 178,87 km. Baumgart e Andreotti fecharam a etapa com o tempo de 2h33min06s. “A especial foi bem parecida com o final da de ontem. Começou com trecho muito rápido, naquela estrada da Maria Fumaça, com muita pedra, trechos de trial que castigaram bastante o carro. No final, um trecho de areia. Essa foi a primeira especial que vencemos, ainda por dois segundos, impondo um ritmo forte. Tiramos um minuto do Guiga, ainda estamos três minutos atrás. Vamos entrar amanhã com a faca nos dentes, vamos tentar de tudo. Dentro da pista, quem está ganhando é a gente. Se não fosse um waypoint de deslocamento. Estamos com o sentimento que dentro da pista a gente consegue vencer o Sertões e vamos continuar assim”, declarou o navegador Andreotti, lembrando a penal que a dupla tomou logo nas primeiras por ter perdido um waypoint no deslocamento final.

Como tiveram uma quebra na especial de quinta-feira, Baumgart e Cincea largaram hoje para ajudar os companheiros e a tática deu certo. “Fizemos uma especial bem rápida hoje, mas ficamos fora da prova ontem e aí nos restou trabalhar para o Cristian e para o Beco. Saímos queimados na nossa largada e conseguimos pegar o Cristian na boca do radar, colocamos dois pneus novos pra eles e isso ajudou bastante no resultado de hoje. Se fosse ao contrário eles fariam o mesmo por nós. Essa é a vantagem de ser uma equipe. Estamos fora da disputa, vamos acelerar”, revelou Cincea.

Varela lamentou a perda por tão pouco e contou que enfrentaram problemas. “Hoje foi bom, mas furamos um pneu. Estava indo muito bem, mas por barbeiragem minha acabei furando o pneu. Agora é remar tudo de novo. O rali só termina no parque fechado. Amanhã vou andar com tudo, hoje era para ter tirado quase três minutos”, acredita o veterano, duas vezes campeão Mundial de Rally Cross Country.

Piano/Mendes/Sales segue líder no acumulado dos caminhões  - Foto: Gustavo Epifanio/Webventure

Piano/Mendes/Sales segue líder no acumulado dos caminhões – Foto: Gustavo Epifanio/Webventure

Já Spinelli contou que correu sem assumir riscos, administrando. “Forçamos bem o ritmo, mas mesmo assim o Cristian e o Varela conseguiram ser mais rápidos. Foi dentro do nosso esperado, sem tomar mais do que um minuto e sem assumir grandes riscos. Conseguimos administrar mais um dia e vamos para o último tentando manter essa estratégia. Não tem nada decidido, uma especial de 120 km, três minutos pode ser muita coisa, mas também pode não ser nada. Um pneu furado pode atrapalhar, tem que tomar muito cuidado”, observa o tetracampeão do Sertões.

Trinta e nove carros largaram na especial em Diamantina. Além da T1 FIA, também são disputadas as categorias Protótipos T1, Pró Brasil, Super Production, Production T2 e Production T2/TR4.

Na Protótipos T1, a dupla Sylvio Barros/Eduardo Bampi (Mitsubishi Ralliart Brasil) venceu sua segunda especial na edição. João Franciosi /Rafael Capoani (Mitsubishi Petrobras), que faturou três etapas até aqui, lidera com 17h26min42s.

Na Pró Brasil, Luiz Facco e Humberto Piauí (Acelera Siriema) venceram a terceira seguida, mas José Jorley do Amaral/Maykel Justo (MEM Motorsport) está na frente no acumulado (17min56min42s).

“Traçamos uma estratégia de poupar o carro ontem, que deu certo e chegamos com o carro inteiro. Hoje a missão era trazer ele pro parque de apoio para fazer os últimos ajustes e chegar em paz lá em Belo Horizonte. Graças a Deus deu certo, conseguimos andar num ritmo bom. Tivemos um susto de uma pedra que bateu embaixo do carro, mas acho que não teve problema nenhum. Para amanhã eu quero ir no mesmo ritmo que eu andei hoje, rápido e bem cauteloso para tentar manter a liderança e conseguir esse título tão sonhado”, destacou Jorley.

Na Super Production, Glauber Fontoura e Minae Miyauti (Mitsubishi Ralliart Brasil) venceram a quinta especial nesta edição e seguem na liderança geral da categoria (18h14min44s).

Na Production T2, Nadimir Oliviera/Ricardo Silva (Mainha Racing) conquistou a vitória na etapa. Wagner Roncon/Joselito Melo Jr. (Dudu Rally Team) mantém a liderança (19h43min36s).

Cristian Baumgart/Beco Andreotti vence primeira especial e segue na briga  - Foto: Jonne Roriz/Webventure

Cristian Baumgart/Beco Andreotti vence primeira especial e segue na briga – Foto: Jonne Roriz/Webventure

Caminhões: seis vitórias em seis etapas
Rali só termina quando a última etapa é completada. Mas o trio Edu Piano/Solon Mendes/Antonio Carlos de Sales (Ford Racing Trucks / Território Motorsport) está praticamente com a mão na taça. Eles venceram a sexta seguida e lideram no geral com mais de uma hora de vantagem para os vice-líderes Felicio Bragante/Ricardo Costa/Paco Corder (Asa Aluminio Rally Team), que também chegaram em segundo nesta sexta.

O trio Guido Salvini/Flavio Bisi/Fernando Chwaigert (Mobil Delvac Salvini Racing) ficou em terceiro.

Apesar da grande vantagem, ninguém na equipe Ford Racing Trucks quer cantar vitória. “Nosso tempo previsto hoje era de 3h20, mas quando chegamos na serra tinha um carro travando o caminho. Falamos com a organização e eles falaram pra subir a serra e lá em cima resolver o que fazer, se não eles cancelariam a prova. Não era esse o objetivo, nós ajudamos a puxar o carro e conseguimos passar. Acabamos estourando em 13 segundos, mas o limite foi estendido. Hoje meu piloto andou como eu gosto. Não existe título antecipado no rali. O título só está garantido quando o caminhão estiver no parque fechado. Vamos andar normalmente amanhã e esperar que tudo dê certo”, comentou o navegador Solon Mendes.

Sétima Etapa: Diamantina (MG) / Belo Horizonte (MG)
Neste sábado (30), chega ao fim mais uma edição do Rally dos Sertões. O último dia de prova terá o total de 336,96 km (54,38 km de deslocamento inicial, 125,88 km de especial e 151,96 km de deslocamento final).

“Teremos um deslocamento inicial de 54 km por estrada de terra. A especial começa rápida com piso de cascalho e a travessia de um rio. Fica rápida com estradas de piçarra com muitas lombas e mata-burros. A prova segue com um trecho de trial subindo e descendo uma serra. A parte final é mais rápida, porém muito sinuosa até o final. O deslocamento final é por asfalto até a chegada em Belo Horizonte”, explicou Eduardo Sachs, diretor técnico do Rally dos Sertões.

Entre Goiânia (largada) e Belo Horizonte (chegada), o Sertões 2014 passou por mais cinco cidades. Três foram sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completaramm o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.

Além de carros e caminhões, o Sertões também tem as disputas das categorias quads, motos e UTVs. São sete etapas até a chegada em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos. A prova conta com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também é válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

Os melhores na 6ª Etapa (resultado extraoficial):

Carros

Geral
1 #316 CRISTIAN BAUMGART/BECO ANDREOTTI (X RALLY TEAM / NWM) 02h33min06s
2 #308 REINALDO VARELA/GUSTAVO GUGELMIN (DIVINO FOGO RALLY TEAM / OVERDRIVE) 02h33min08s
3 #302 GUIGA SPINELLI/YOUSSEF HADDAD (MITSUBISHI PETROBRAS) 02h34min00s
4 #303 MARCOS BAUMGART/KLEBER CINCEA (X RALLY TEAM / NWM) 02h34min55s
5 #320 SYLVIO BARROS NETO/EDUARDO BAMPI (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 02h45min51s
6 #310 LUIZ FACCO/HUMBERTO PIAUÍ (ACELERA SIRIEMA) 02h46min17s
7 #360 JOÃO FRANCIOSI/RAFAEL CAPOANI (MITSUBISHI PETROBRAS) 02h49min34s
8 #322 MICHEL TERPINS/SVEN VON BORRIES (MEM – BULL SERTOES) 02h50min28s
9 #356 JORLEY JR./MAYKEL JUSTO (MEM MOTORSPORT) 02h51min26s
10 #364 ROMEU FRANCIOSI/ROGEIRINHO DE ALMEIDA (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 02h51min38s

T1 FIA
1 #316 CRISTIAN BAUMGART/BECO ANDREOTTI (X RALLY TEAM / NWM) 02h33min06s
2 #308 REINALDO VARELA/GUSTAVO GUGELMIN (DIVINO FOGO RALLY TEAM / OVERDRIVE) 02h33min08s
3 #302 GUIGA SPINELLI/YOUSSEF HADDAD (MITSUBISHI PETROBRAS) 02h34min00s

Protótipos T1
1 #320 SYLVIO BARROS NETO/EDUARDO BAMPI (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 02h45min51s
2 #360 JOÃO FRANCIOSI/RAFAEL CAPOANI (MITSUBISHI PETROBRAS) 02h49min34s
3 #364 ROMEU FRANCIOSI/ROGEIRINHO DE ALMEIDA (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 02h51min38s

Pró Brasil
1 #310 LUIZ FACCO/HUMBERTO PIAUÍ (ACELERA SIRIEMA) 02h46min17s
2 #356 JORLEY JR./MAYKEL JUSTO (MEM MOTORSPORT) 02h51min26s
3 #314 MAURO GUEDES/NEURIVAN CALADO (MS RALLY) 02h57min25s

Super Production
1 #331 GLAUBER FONTOURA/MINAE MIYAUTI(MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 02h57min25s
2 #312 REGIS BRAGA/KIKA BRAGA (BAHIA RALLY) 03h37min58s

Production T2
1 #357 NADIMIR OLIVEIRA/RICARDO SILVA (MAINHA RACING) 03h00min41s
2 #344 MARCELO MENDES/LUIS FELIPE ECKEL (SUZUKI JIMNY) 03h04min45s
3 #318 WAGNER RONCON/JOSELITO MELO JR. (DUDU RALLY TEAM) 03h06min39s

Caminhões
1 #401 EDU PIANO/SOLON MENDES/ANTONIO SALES (FORD RACING TRUCKS) 3h20min13s
2 #403 FELICIO BRAGANTE/EVANDRO BAUTZ/PACO CORDER (ASA ALUMÍNIO RALLY TEAM) 3h21min53s
3 #402 GUIDO SALVINI/FLAVIO BISI/FERNANDO CHWAIGERT (MOBIL DELVAC SALVINI RACING) 4h01min22s

Acumulado, após seis etapas:

Carros

Geral
1 #302 GUIGA SPINELLI/YOUSSEF HADDAD (MITSUBISHI PETROBRAS) 16h12min36s
2 #308 REINALDO VARELA/GUSTAVO GUGELMIN (DIVINO FOGO RALLY TEAM / OVERDRIVE) 16h15min48s
3 #316 CRISTIAN BAUMGART/BECO ANDREOTTI (X RALLY TEAM / NWM) 16h16min06s
4 #360 JOÃO FRANCIOSI/RAFAEL CAPOANI (MITSUBISHI PETROBRAS) 17h26min42s
5 #356 JORLEY JR./MAYKEL JUSTO (MEM MOTORSPORT) 17h56min05s
6 #364 ROMEU FRANCIOSI/ROGEIRINHO DE ALMEIDA (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 17h58min01s
7 #331 GLAUBER FONTOURA/MINAE MIYAUTI(MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 18h14min44s
8 #309 JOSE SAWAYA/MARCELO HASEYAMA (S2 RALLY TEAM) 19h10min11s
9 #326 RODRIGO TERPINS/FABRICIO BIANCHINI (MEM – BULL SERTÕES) 19h13min57s
10 #304 ROBERTO CORREIA/FABRICIO BIANCHINI (PROMACCHINA RALY) 19h26min24s

T1 FIA
1 #302 GUIGA SPINELLI/YOUSSEF HADDAD (MITSUBISHI PETROBRAS) 16h12min36s
2 #308 REINALDO VARELA/GUSTAVO GUGELMIN (DIVINO FOGO RALLY TEAM / OVERDRIVE) 16h15min48s
3 #316 CRISTIAN BAUMGART/BECO ANDREOTTI (X RALLY TEAM / NWM) 16h16min06s

Protótipo T1
1 #360 JOÃO FRANCIOSI/RAFAEL CAPOANI (MITSUBISHI PETROBRAS) 17h26min42s
2 #364 ROMEU FRANCIOSI/ROGEIRINHO DE ALMEIDA (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 17h58min01s
3 #326 RODRIGO TERPINS/FABRICIO BIANCHINI (MEM – BULL SERTÕES) 19h13min57s

Pró Brasil
1 #356 JORLEY JR./MAYKEL JUSTO (MEM MOTORSPORT) 17h56min05s
2 #309 JOSE SAWAYA/MARCELO HASEYAMA (S2 RALLY) 19h10min11s
3 #304 ROBERTO CORREIA/FLAVIO FRANCA (PROMACCHINA RALLY) 19h26min24s

Super Production
1 #331 GLAUBER FONTOURA/MINAE MIYAUTI (MITSUBISHI RALLIART BRASIL) 18h14min44s
2 #312 REGIS BRAGA/KIKA BRAGA (BAHIA RALLY) 19h31min02s

Production T2
1 #318 WAGNER RONCON/JOSELITO MELO JR. (DUDU RALLY TEAM) 19h43min36s
2 #357 NADIMIR OLIVEIRA/RICARDO SILVA (MAINHA RACING) 19h49min19s
3 #317 THIAGO SILVA/IVO MAYER (RALLYSC) 20h14min29s

Caminhões
1 #401 EDU PIANO/SOLON MENDES/ANTONIO SALES (FORD RACING TRUCKS) 13h55min42s
2 #403 FELICIO BRAGANTE/EVANDRO BAUTZ/PACO CORDER (ASA ALUMÍNIO RALLY TEAM) 15h07min54s
3 #402 GUIDO SALVINI/FLAVIO BISI/FERNANDO CHWAIGERT (MOBIL DELVAC SALVINI RACING) 17h39min28s

Acompanhe o Sertões ao vivo e veja os resultados completos:
http://www.webventure.com.br/sertoes2014/resultados/dia

Confira a sequência da programação da 22ª edição Rally dos Sertões:

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 54,38 km
Trecho especial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km
12h00 às 18h00: Chegada dos competidores
21h00: Cerimônia e Festa de Premiação

*Programação sujeita a alteração

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.