Rally dos Sertões: No dia em que o rali chegou a Paracatu, Facco e Ribeiro fecharam em quarto

agosto 27, 2014 11:58 am
Equipe perdeu posições devidoa um problema mecânico - Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

Equipe perdeu posições devidoa um problema mecânico – Foto: Sanderson Pereira/Photo-S

Duzentos e nove quilômetros de trechos cronometrados foi o desafio da terça-feira para os competidores que disputam a 22ª edição do Rally dos Sertões. A prova teve largada em Catalão, no interior de Goiás, e chegou à primeira cidade mineira do roteiro, Paracatu, sendo que o total do dia foi de 360 quilômetros. Luiz Facco e Humberto Ribeiro, da Equipe Acelera Siriema, completaram a Especial em 2h55m45s e classificaram-se na quarta posição da categoria Pró Brasil.

A dupla começou bem a Especial e andava em ritmo forte, mas por volta do km 80 teve um problema mecânico e perdeu preciosos minutos que custaram importantes posições no grid da categoria. “Largamos muito bem pela manhã, andávamos bem forte quando tivemos o incidente e perdemos alguns minutos para retornar. Tentamos nos recuperar mas não foi possível”, explica Facco. “Foi uma Especial atípica, bem diferente das que estamos acostumados a enfrentar no Sertões, com piso duro, ás vezes escorregadio, mas sem quebradeira ou maiores dificuldades”, destaca o piloto que completa 11 participações e já conquistou dois títulos na Super Production (2009 e 2010) , neste prova considerada a maior competição off-road do Brasil.

Para a Ribeiro, a navegação transcorreu na normalidade. “Dos 209 quilômetros de Especial, cerca de 70 eram com radar, então sobrou cerca de 140 para acelerar, mas foi importante completarmos mais uma etapa. Agora é nos preocupar com a próxima que terá cerca de 385 de trechos cronometrados e parece que teremos diversão”, afirma o navegador, que em 2014 completou 10 anos de Rally dos Sertões.

Nesta quarta, os competidores encaram a dia mais longo da edição 2014 - Foto:  Marcelo Machado/Webventure

Nesta quarta, os competidores encaram a dia mais longo da edição 2014 – Foto: Marcelo Machado/Webventure

Diferentemente o que foi publicado no release anterior, quando foi noticiado que a dupla havia vencido na categoria na segunda etapa, conforme o resultado extra-oficial divulgado, Facco e Ribeiro terminaram em sétimo na Pró Brasil. Devido a uma penalização de radar que foi divulgado mais à noite, onde foram acrescentados mais 10 minutos ao tempo da dupla.

A quarta etapa será a mais longa da 22ª edição, os competidores terão de percorrer 585,30 quilômetros no dia, sendo 363,85 de trechos cronometrados. No caminho estradas com muitas depressões e pedras, trechos de areia, três ravessias de rios e trechos sinuosos e rápidos. O destino será a cidade de São Francisco. Após percorrer sete etapas e mais de 2.600 quilômetros, o Rally dos Sertões termina neste sábado, 30, em Belo Horizonte.

Etapas válidas pelo Brasileiro de Cross Country – Atuais vice-líderes do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, na Pró-Brasil, Facco e Ribeiro foram campeões em 2013 na categoria e disputam o Rally dos Sertões também de olho no ranking. As três primeiras etapas do rali somaram pontos para a 9ª, 10ª e 11ª etapa do certame nacional.

Para acompanhar as notícias da Equipe Acelera Siriema acesse a página no Facebook: http://migre.me/jaI3x e também conheçam o novo site da equipe www.acelerasiriema.com.br

A Equipe Acelera Siriema, com sede na região de Alphaville (SP), conta com o patrocínio da Gonçalves S/A Indústria Gráfica, Yokohama e apoio da Fontoura Dias Stands e Acelera Siriema Rally.

Resultado (extra-oficial) Categoria Pró Brasil – 3ª etapa
1º José Jorley Júnior e Maykel Justo, 02h44min28s
2º José Sawaya e Marcelo Haseyama, 02h49min43s
3º Jorge Wagenrurh Júnior e Joel Kravtchenco, 02h52min52s
4º Luiz Facco e Humberto Ribeiro, 02h55min45s
5º Mauro Guedes e Neurivan Calado, 03h00min01s

Programação – 4ª etapa Rally dos Sertões 2014
27/08 – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135,24 km
Trecho especial: 363,85 km
Deslocamento final: 86,21 km
Total do dia: 585,30 km

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.