Rally dos Sertões chega a etapa 2 e Rodrigo e Michel Terpins fecham entre os Top 6 da Protótipos T1

agosto 26, 2014 1:16 pm
Rodrigo/Bianchini estão agora em sétimo no acumulado - foto:  Ricardo Leizer/Webventure

Rodrigo/Bianchini estão agora em sétimo no acumulado – foto: Ricardo Leizer/Webventure

E a maior prova off-road do Brasil já cumpriu duas das sete etapas da 22ª edição. Na segunda-feira, o Rally dos Sertões largou de Caldas Novas para Catalão, ainda em terras goianas, mas inicialmente o trecho cronometrado que seria de 202 quilômetros foi reduzido para apenas 68, por razões de segurança. Mesmo encurtada, a Especial agradou aos competidores. Da categoria Carros largaram 43. As duplas da Equipe Bull Sertões Rally Team conquistaram as quinta e sexta posições na categoria Protótipos T1. Michel Terpins e Sven von Borries fecharam em quinto, com 55m58s, e logo atrás, Rodrigo Terpins e Fabrício Bianchini, em sexto com 58m09s. Os irmãos Terpins pilotam pela primeira vez um T-Rex na competição.

Michel, o mais novo dos Terpins, 37 anos, fez uma corrida de recuperação ao lado de Borries, uma vez que na etapa anterior não completaram a prova, devido a uma capotagem que os tirou da disputa do dia. E ficou satisfeito com o resultado. “Mesmo com Especial encurtada e muito pó, conseguimos fazer oito ultrapassagens o que estrategicamente foi muito bom”, diz o piloto do carro #322.

“O trecho foi muito rápido, mas com vários radares de ponte que exigiram atenção redobrada na navegação, mas fomos bem e finalizamos a etapa sem sustos, desta vez”, afirma o navegador Borries, que aos 14 anos em 1995, foi o primeiro campeão na Geral dos Carros, quando navegou para o lado do pai.

Michel e Borries fecharam etapa em 5a na Protótipos T1 - Foto: Victor Eleutério/Webventure

Michel e Borries fecharam etapa em 5a na Protótipos T1 – Foto: Victor Eleutério/Webventure

Em outro T-Rex, carro #326, Rodrigo de 41 anos, ficou satisfeito por ter completado mais um dia e também por estar mais adaptado ao carro. “Com vários tipos de terrenos, foi uma prova bem parecida com a da primeira etapa e por isto achei muito bacana. Haviam trechos mais escorregadios em piso de cascalho e a visibilidade ficou muito prejudicada devido à poiera. Mas depois dos acertos a suspensão melhorou bem e estou também mais seguro para pilotar o carro que nos surpreende a cada etapa”, explica o piloto que pela primeira vez faz dupla no Sertões com Bianchini, que por sua vez, vem de onze edições competindo pela categoria Motos e trouxe também sua experiência e habilidade para a dupla. Com o resultado do dia, a dupla sobre para a sétima posição no acumulado da Protótipos T1.

Nesta terça-feira (26) o Rally dos Sertões se despede do estado de Goiás e entra em território mineiro, com destino a Paracatu. Os competidores enfrentarão um total de 360 quilômetros, 209 deles de trechos cronometrados. O rali termina no sábado, 30, em Belo Horizonte.

Para acompanhar as notícias da equipe Bull Sertões Rally Team durante o rali acesse também a página no Facebook: http://migre.me/l0mjN

A equipe Bull Sertões Rally Team conta com patrocínio da Bull Sertões, 100% Eventos, Xarla e apoio da equipe MEM.

Resultado 2ª etapa – Protótipos T1 (25/08)

1) JOAO FRANCIOSI /RAFAEL CAPOANI – 00:50:24
2) ROMEU FRANCIOSI /ROGERINHO ALMEIDA 00:51:14
3) LUIS NACIF FILIPE OLIVEIRA RANGE-ROVER – 00:52:54
4) ROBERTO REIJERS/ FAUSTO DALLAPE – 00:55:28
5) MICHEL TERPINS/SVEN VON BORRIER – 00:55:08
6) RODRIGO TERPINS/ FABRÍCIO BIANCHINI – 00:58:09
7) DAVISON RABECCHI/ ELSON MENESES – 00:58:09

Programação 3ª etapa Rally dos Sertões:

26/08 – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22,2 km
Trecho especial: 209,86 km
Deslocamento final: 128,39 km
Total do dia: 360,45 km

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.