Disputa dos UTVs pega fogo no Rally dos Sertões, com equipe Can-Am na liderança

agosto 25, 2014 8:19 pm
Rodrigo Varela e João Arena, da equipe Can-Am, no Rally dos Sertões 2014 Foto: Idário Café/Mundo Press

Rodrigo Varela e João Arena, da equipe Can-Am, no Rally dos Sertões 2014
Foto: Idário Café/Mundo Press

A disputa dos UTVs está acirrada no Rally dos Sertões 2014, que realizou a segunda etapa nesta segunda-feira entre Caldas Novas e Catalão, em Goiás. Deninho Casarini e o navegador Eduardo Shiga fizeram o segundo melhor tempo do dia a bordo do Can-Am Maverick e assumiram a liderança da classe, de acordo com os resultados extra-oficiais. Porém, a vantagem sobre Rodrigo Varela e João Arena é de apenas 32 segundos, ou seja, a briga promete fortes emoções nos próximos dias entre os competidores da equipe Can-Am.

O trecho cronometrado da segunda etapa, inicialmente de 201 quilômetros, foi alterado para 79 km por questões de segurança, segundo a organização da prova. Deninho Casarini acelerou forte e saiu satisfeito. “Largamos em quinto e enfrentamos muita poeira, principalmente no início. Procurei acelerar no limite e desenvolver ritmo de rali baja. O nível da competição está muito alto e qualquer segundo faz diferença”, explicou. A especial foi um bom teste para os amortecedores. “Passamos por fazendas e muita descida de serra, com diversas lombas e saltos no caminho”, complementou o piloto, que é estreante no Sertões e tricampeão mundial de motos aquáticas.

Após vencer a etapa de abertura, Rodrigo Varela e João Arena ocuparam o nono lugar do dia, mas continuam fortes na briga pelo título. “Estamos bem na classificação geral e ainda há muito rali pela frente. Vamos largar mais para trás, o que é ruim por conta da poeira dos concorrentes, mas pretendemos acelerar com a cabeça tranquila, ainda mais porque a especial de amanhã é longa”, lembrou Varela.

Deninho Casarini e Eduardo Shiga, competidores da equipe Can-Am no Rally dos Sertões 2014 Foto: Idário Café/Mundo Press

Deninho Casarini e Eduardo Shiga, competidores da equipe Can-Am no Rally dos Sertões 2014
Foto: Idário Café/Mundo Press

Quadriciclos – Gabriel Varela, irmão de Rodrigo, segue firme da disputa dos quadriciclos com o Can-Am Renegade. Ele foi o terceiro mais rápido do dia e manteve a liderança da classe QDA. “A especial foi curta e teve trechos rápidos e travados, além de chão duro. O quadriciclo se comportou de maneira excepcional e ajudou muito para que eu terminasse o dia inteiro. Estou muito contente com os resultados, já que tenho lugar no grupo da frente”, concluiu.

Nesta terça-feira, o Rally dos Sertões entra no Estado de Minas Gerais com 356 quilômetros de percurso, sendo 206 de especial, com destino a cidade de Paracatu. A 22ª edição da prova inclui ainda motos, carros e caminhões e termina no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG). O roteiro é formado por mais de 2.500 quilômetros (cerca de 1.400 km de especiais). Para conferir os detalhes do trajeto, clique aqui.

Resultados extra-oficiais – Rally dos Sertões 2014
2ª Etapa – UTVs
1º – JOSE HELIO/EDMILSON CAMARGO JR. – 00:53:26
2º – DENINHO CASARINI/EDUARDO SHIGA – 00:54:37 – Can-Am Maverick
5º – BRUNO SPERANCINI/LOURIVAL ROLDAN – 00:55:37 – Can-Am Maverick
8º – LUCAS BARROSO/LAURO SOBREIRA – 00:58:09 – Can-Am Maverick
9º – RODRIGO VARELA/JOAO HENRIQUE ARENA – 01:00:37 – Can-Am Maverick
15º – CARLO COLLET/MARCOS LARA – 01:04:24 – Can-Am Maverick

2ª Etapa – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 00:51:33
3º – GABRIEL VARELA – 00:53:58 – Can-Am Renegade

Resultados acumulados – UTVs
1º – DENINHO CASARINI/EDUARDO SHIGA – 03:14:25 – Can-Am Maverick
2º – RODRIGO VARELA/JOAO HENRIQUE ARENA – 03:14:35 – Can-Am Maverick
8º – LUCAS BARROSO/LAURO SOBREIRA – 03:25:23 – Can-Am Maverick
10º – CARLO COLLET/MARCOS LARA – 03:28:20 – Can-Am Maverick
17º – BRUNO SPERANCINI/LOURIVAL ROLDAN – 09:03:01 – Can-Am Maverick

Resultados acumulados – Quadriciclos
1º – ROBERT NAHAS – 03:04:45
5º – GABRIEL VARELA – 03:13:08 – Can-Am Renegade

Programação – Rally dos Sertões 2014
26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO) / Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.