Rally dos Sertões: Nas motos, atual campeão vence o Prólogo. Briga boa também nos Quads e UTVs

agosto 24, 2014 4:40 pm
O UTV (E) e o Quadriciclo (D) da Can-Am já estão preparados - Foto: Donizetti Castilho

O UTV (E) e o Quadriciclo (D) da Can-Am já estão preparados – Foto: Donizetti Castilho

Já está tudo pronto. Agora é só aguardar a sexta-feira (22/8), quando será realizada a vistoria técnica para o início do Rally dos Sertões – 23 a 30 de agosto -, que larga em Goiânia (GO) e depois de 2,7 mil quilômetros de prova em sete dias chega a Belo Horizonte (MG). Os equipamentos (Carro, UTV e Quadriciclo) do Divino Rally Team já foram montados, testados e desenvolvidos para Reinaldo Varela e seus filhos Rodrigo e Gabriel brigarem pela vitória em suas respectivas categorias.

“Vamos com tudo e a equipe Divino Fogão está com força total. Todo o time tem experiência nesta prova, estamos com equipamentos de ponta, e motivados e preparados para lutar pela vitória”, sentencia Gabriel (Can-Am/Circuit/Divino Fogão), o mais jovem (19 anos) competidor da família Varela e provavelmente da sua categoria.

Líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, ambos na categoria Quadriciclo, Gabriel Varela venceu no ano passado o Sertões Experience, que foram os quatro primeiros dias de uma das principais provas de rally do mundo. Esta experiência, somada aos seus excelentes resultados na atual temporada e o bom suporte técnico da fabricante canadense Can-Am tem contribuído para a confiança do jovem.

“Fiz muitos treinos com o Renegade 1000XXC e estou bem adaptado a ele. Testei durante 800 km no deserto do Jalapão, em Tocantins, e deu para aprimorar bastante a tocada e a navegação com este equipamento. O esquadrão da Can-Am estará forte para o Sertões”, avisa.

“Acho que vai ser um Sertões com poucos trechos de alta velocidade, com bastante serra, rios, e muitas pedras. Acredito que vou ter que usar muito a cabeça, pois os trechos travados serão bem perigosos e vai ter muita navegação, o que será primordial”, acredita o piloto de quadriciclo.

Esperança no UTV

Rodrigo (E) e Gabriel (D) Varela já estão prontos - Foto: Foto: Divino Fogão Rally Team

Rodrigo (E) e Gabriel (D) Varela já estão prontos – Foto: Foto: Divino Fogão Rally Team

Primogênito (23 anos) do multicampeão Reinaldo Varela, Rodrigo (Divino Fogão/Can-Am/Bike Box) vai participar do Rally dos Sertões pela quarta vez, onde sempre alcançou bons resultados. “Já participei do Sertões e nas vezes anteriores sempre obtive boas colocações. Corri duas vezes de Quadriciclos no Sertões Experience e venci num ano e no outro fui segundo. Em 2013 liderei no UTV, mas tive problema no penúltimo dia e cheguei em segundo”, relembrou o piloto de UTV, que vai correr com o navegador João Henrique Arena.

“Estou ligado ao Rally dos Sertões desde criança, mas como competidor a três anos. Com o Rodrigo ano passado tive meus melhores momentos, puder liderar a competição e a vitória escapou pelos dedos. O fato de eu e ele ter crescido no esporte por referência de nossos pais, ajuda na questão da experiência e tomada de decisões. Como navegador estou 100% preparado e acredito no Rodrigo”, contou o navegador do UTV, uma evolução do quadriciclo, que em português significa Veículo Multitarefa.

A expectativa da dupla para um bom resultado na categoria com um dos maiores números de concorrentes no Rally dos Sertões é muito grande. “Como sempre, ótimas expectativas estão no ar. Esse ano a prova está muito diferente em todos os aspectos, tanto no grid (que triplicou nos UTVs) quanto nos dias de prova, que diminuiu 30% em relação aos anos anteriores. O que isso significa? Que teremos que arriscar mais. Nas últimas edições os UTVs estavam sendo testados, e o simples fato de você terminar o Rally já lhe garantia ótima colocação. Disputamos o RN esse ano, prova parecida com o Sertões, chegamos a vencer a 1ª etapa e vimos o quão precisamos acelerar para ganhar. Será uma prova muito mais dura esse ano, mesmo tendo diminuído seus dias”, comentou Arena.

“Esse ano pra ganhar, o competidor precisará andar entre os top 5 todos os dias na minha visão. O UTV está muito mais desenvolvido, não irá quebrar tanto como no passado, e apenas terminar os dias não vai assegurar ótimas colocações. Vamos ter que andar com vontade de vitória dia-a-dia. Isso pode ser traiçoeiro, mas é assim que eu e o Rodrigo estamos preparados”, completou.

“A expectativa é boa, nosso Can-Am Maverick está pronto e já treinamos para avaliar a suspensão e encontrar o ritmo com os equipamentos adicionais para a prova. Um ritmo bom é batalhar para andar o tempo todo entre os três primeiros para terminar no pódio novamente. Vamos ver o que comemoramos lá em Belo Horizonte!”, finalizou Rodrigo Varela, terceiro colocado no Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam

Print Friendly


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.