Rally dos Sertões: Dupla Varela/Gugelmin acelera forte no Prólogo em Goiânia

agosto 24, 2014 5:29 pm
Cristian Baumgart/Beco Andreotti: segundo tempo no Prólogo  - Foto: Victor Eleuterio / Webventure

Cristian Baumgart/Beco Andreotti: segundo tempo no Prólogo – Foto: Victor Eleuterio / Webventure

Nos caminhões, o trio Edu Piano/Solon Mendes/Antonio Carlos de Sales fez o melhor tempo. Neste domingo, rali parte para a 1ª etapa rumo a Caldas Novas

23/08 – Prólogo – Goiânia (GO)
Deslocamento inicial: 22,65 km
Prólogo: 10,82 km
Deslocamento final: 18,75 km

Felicio Tadeu Bragante acelera durante o prólogo  - Foto: Marcelo Machado / Webventure

Felicio Tadeu Bragante acelera durante o prólogo – Foto: Marcelo Machado / Webventure

Em sua 16ª participação no Rally dos Sertões, o bicampeão Mundial de Rally Cross Country Reinaldo Varela acelerou forte neste sábado (dia 23) na disputa do prólogo em Goiânia (GO) e ao lado do navegador Gustavo Gugelmin fez o melhor tempo no trecho de 10 km, que definiu a ordem de largada para a 1ª etapa da 22ª edição do Sertões, que deixa Goiânia neste domingo (24) rumo a Caldas Novas (GO).

A bordo da picape-protótipo de 340 cavalos, que utilizam no Mundial, Varela e Gugelmin (Divino Fogão Rally Team / Overdrive) registaram o tempo de 5min59s1. Cristian Baumgart e Kleber Cincea (X Rally Team / NWM) também aceleraram forte e encerraram o prólogo com o tempo de 6min12s1. Tetracampeão do Sertões, Guilherme Spinelli e o navegador Youssef Haddad (Mitsubishi Petrobras) ficaram em terceiro (6min13s0). Fechando os carros da categoria T1 FIA, Marcos Baumgart e Kleber Cincea (X Rally Team / NWM) completaram em quarto (6min14s6).

“É um prólogo gostoso, porque você já entra em ritmo de prova andando 10 km. Bem melhor do que prólogo pequeno. Já estamos acostumados com o carro e vamos continuar acelerando”, comentou Varela, campeão do Sertões em 2010.

Cristian Baumgart também elogiou o novo formato do prólogo. “Esse prólogo em linha, para mim é muito melhor. O carro é novo e foi bom para testar suspensão, salto e saber como estamos em relação aos outros competidores”, destacou.

“Foi um trecho bem rápido, cheio de lombas e curvas de alta. Mesmo sem forçar muito o carro, deu para sentir onde a gente pode ir mais rápido”, ressaltou Spinelli.

O tetracampeão Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad durante disputa - Foto: Victor Eleuterio / Webventure

O tetracampeão Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad durante disputa – Foto: Victor Eleuterio / Webventure

Já Marcos Baumgart frisou a importância de manter uma boa performance até o final do rali. “Hoje foi bem divertido e bem diferente. É tudo novidade, precisamos nos adaptar a isso e terminar as especiais. O prólogo não significa tanto. O importante é chegar bem todos os dias. É isso que vai ser importante. Tem que acelerar do começo ao fim”, completou.

Quarenta e cinco carros participaram do prólogo. Além dos quatro inscritos na categoria T1 FIA, são 10 na Protótipos T1, nove na Pró Brasil, sete na Super Production, quatro na Production T2 e 11 na Production T2/TR4.

Na Protótipos T1, o melhor tempo ficou com a dupla Romeu Franciosi/Rogerinho Almeida (Mitsubishi Ralliart Brasil), que fez o percurso em 6min39s7. “O prólogo, especialmente este trajeto, é muito gostoso de correr, saltos, curvas de alta, curvas travadas, riacho para cruzar, então um prólogo bem completo. Quanto ao tempo que eu fiz na categoria, estávamos vindo bem rápido quando acabamos encostando, nos quilômetros finais, nos concorrentes da frente, pegando bastante pó, e como falamos, andar no escuro é muito perigoso, tivemos que tirar um pouco o pé, mas mesmo assim viemos bem próximo do seguro e conseguimos um tempo bom. É mais ou menos assim que faremos no rali, não iremos 100% rápidos, porém, um pouco mais seguro”, declarou Franciosi.

Na categoria Pró Brasil, Mauro Guedes / Neurivan Calado (MS Rally) liderou com 7min00s9. Glauber Fontoura e Minae Miyauti foram os melhores na Super Production (Mitsubishi Ralliart Brasil), com 7min12s4. E, na Production T2, Wagner Roncon e Joselito Melo Jr. (Dudu Rally Team) ficaram em primeiro (7min40s2).

Edu Piano sai na frente nos caminhões

Edu Piano é o melhor entre os caminhões

Edu Piano é o melhor entre os caminhões

Atual campeão da categoria, Edu Piano e seus navegadores Solon Mendes e Antonio Carlos de Sales (Ford Racing Trucks / Território Motorsport) foram os mais velozes nos caminhões, com o tempo de 7min44s3. O trio Felicio Tadeu Bragante/Ricardo de Paula Costa/Paco Corder (Asa Aluminio Rally Team) ficou em segundo (8min20s0), seguido pela dupla Kenner Garcia/Rafael dal Bello (Competikar), com o tempo de 8min37s8. Hexacampeão do Sertões, assim como Piano, Guido Salvini e os navegadores Flavio Bisi e Fernando Chwaigert (Mobil Delvac Salvini Racing) terminaram em quarto (8min42s3).

“O prólogo em linha é bem legal, é uma mini especial. É diferente do que vinha sendo feito nos últimos anos e é interessante para testar o equipamento, pra fazer alguns acertos. É ruim pela parte do público, de não ter o calor humano e aquela vibração das pessoas que acompanham bem de perto. Mas pensando na corrida, é muito bom”, comentou Piano. “Esse ano com a unificação das categorias leves e pesados, optamos por trazer o Ford F-4000. A mentalidade não muda, queremos fazer uma boa prova, um rali consciente e chegar. O importante é chegar”, completou.

Ainda neste sábado, às 19h30, haverá a largada promocional do Rally dos Sertões no autódromo de Goiânia, com entrada gratuita para o que o público possa ver de perto as principais feras do esporte e suas supermáquinas.

Primeira Etapa: Goiânia / Catalão

Neste domingo (24), os competidores partem rumo a Caldas Novas na disputa da 1ª etapa do Sertões 2014. Serão 216,21 km no total no primeiro dia (40,50 km de deslocamento inicial, 155,65 km de especial e 20,06 km no deslocamento final).

“Mesmo sendo o primeiro dia de prova, teremos uma especial com uma boa quilometragem. Serão duas zonas de radar, sendo que na segunda haverá um abastecimento. Esta etapa é muito importante para os ajustes dos equipamentos e dos conjuntos. Começa sinuoso com muitos mata-burros, lombas e deps, seguindo por um trecho de estradas de fazendas mais rápido com travessias de riachos. A prova entra num trecho mais travado com muitas descidas e subidas. Nos últimos quilômetros, a especial fica mais tranquila com estradas de média e algumas trilhas em fazendas, seguindo assim até o final”, contou Eduardo Sachs, diretor técnico do Sertões.

Entre Goiânia e Belo Horizonte, o Sertões vai passar por mais cinco cidades. Três serão sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completam o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.

Glauber Fontoura e Minae Miyauti venceram na Super Production - Victor Eleuterio / Webventure

Glauber Fontoura e Minae Miyauti venceram na Super Production – Victor Eleuterio / Webventure

Além de carros e caminhões, o Sertões também tem as disputas das categorias motos, quadriciclos e UTVs. Serão sete etapas até a chegada no dia 30 em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos (1572 km de especiais). A prova conta com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também será válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

Os cinco melhores no Prólogo deste sábado (resultado extraoficial):

Carros – Geral
1. #308 Reinaldo Varela/Gustavo Gugemin 05min59s1
2. #316 Cristian Baumgart/Beco Andreotti 06min12s1
3. #302 Guiga Spinelli/Youssef Haddad 06min13s0
4. #303 Marcos Baumgart/Kleber Cincea 06min14s6
5. #364 Romeu Franciosi/Rogerinho Almeida 06min39s7
6. #305 Roberto Reijers/Fausto Dallape 06min49s9
7. #320 Sylvio Barros Netto/EduardoBampi 06min54s3
8. #314 Mauro Guedes/Neurivan Calado 07min00s9
9. #348 Jorge Wagenruhr Jr./Joel Kravtchenco 07min01s6
10. #368 Davison Rabecchi/Elson Oliveira 07min03s4

Carros – T1FIA
1. #308 Reinaldo Varela/Gustavo Gugemin 05min59s1
2. #316 Cristian Baumgart/Beco Andreotti 06min12s1
3. #302 Guiga Spinelli/Youssef Haddad 06min13s0

Carros – Protótipo T1
1. #364 Romeu Franciosi/Rogerinho Almeida 06min39s7
2. #305 Roberto Reijers/Fausto Dallape 06min49s9
3. #320 Sylvio Barros Netto/EduardoBampi 06min54s3

Carros – Pró Brasil
1. #314 Mauro Guedes/Neurivan Calado 7min00s9
2. #348 Jorge Wagenruhr Jr./Joel Kravtchenco 7min01s6
3. #309 Jose Sawaya/Marcelo Haseyama 7min04s5

Carros – Super Production
1. #331 Glauber Fontoura/Minae Miyauti 7min12s4
2. #332 Marcelo Tomasoni/João Franco 7min16s3
3. #312 Regis Braga/Kika Braga 7min20s6

Carros – Protótipo T2
1. #318 Wagner Roncon/Joselito Melo Jr 7min40s2
2. #317 Thiago Silva/Tony Faria 7min40s2
3. #340 Pietro Branchina Neto/Henry Kirst 7min49s3

Caminhões
1. #401 Edu Piano/Solon Mendes/Antonio Sales 7min44s3
2. #403 Felicio Bragante/ Evandro Bautz/Paco Corder 8min20s0
3. #404 Kenner Garcia/Rafael Dal Bello/ Raphael Bettoni 8min37s8

Acompanhe o Sertões ao vivo e veja os resultados completos:
http://www.webventure.com.br/sertoes2014/resultados/dia

Confira a programação da 22ª edição Rally dos Sertões:

24/08 – 1ª etapa – Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)
Deslocamento inicial: 40,5 km
Trecho especial: 155,65 km
Deslocamento final: 20,06 km
Total do dia: 216,21 km

25/08 – 2ª etapa – Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39,54 km
Trecho especial: 202,23 km
Deslocamento final: 18,59 km
Total do dia: 260,36 km

26/08 – 3ª etapa – Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22,2 km
Trecho especial: 209,86 km
Deslocamento final: 128,39 km
Total do dia: 360,45 km

27/08 – 4ª etapa – Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135,24 km
Trecho especial: 363,85 km
Deslocamento final: 86,21 km
Total do dia: 585,30 km

28/08 – 5ª etapa – São Francisco (MG)/Diamantina (MG) – MARATONA
Deslocamento inicial: 223,57 km
Trecho especial: 335,98 km
Deslocamento final: 85,89 km
Total do dia: 645,44 km

29/08 – 6ª etapa – Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 0 km
Trecho especial: 178,87 km
Deslocamento final: 25,42 km
Total do dia: 204,29 km

30/08 – 7ª etapa – Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 54,38 km
Trecho especial: 125,88 km
Deslocamento final: 151,96 km
Total do dia: 336,96 km
12h00 às 18h00: Chegada dos competidores
21h00: Cerimônia e Festa de Premiação

*Programação sujeita a alteração

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.