UTVs e quadriciclos são atrações à parte no Rally dos Sertões

agosto 20, 2014 12:01 pm
Carlo Collet e Marcos Lara, da equipe Can-Am, atuais campeões dos UTVs no Rally dos Sertões - Foto: Idário Café/Mundo Press

Carlo Collet e Marcos Lara, da equipe Can-Am, atuais campeões dos UTVs no Rally dos Sertões – Foto: Idário Café/Mundo Press

A prova inclui 2.679 quilômetros em sete dias, sendo 1.545 de trechos cronometrados (especiais). Além dos atuais campeões dos UTVs, a equipe Can-Am acelera com Bruno Sperancini e Lourival Roldan (dupla vencedora do Sertões 2012), Rodrigo Varela e João Arena, Deninho Casarini e Eduardo Shiga e Lucas Barroso e Lauro Sobreira. Todos encaram grande variedade de terrenos e desafios com o Can-Am Maverick. Já na categoria dos quadriciclos, os destaques são Gabriel Varela e Ernesto Jun, que pilotam o Can-Am Renegade.
Outros competidores utilizarão os produtos Can-Am na prova, como a equipe Água Shop Racing, do Maranhão, que terá dois veículos Maverick na briga dos UTVs, comandados por Pablo Feres/Vinícius Mota e Rodrigo Feres/Rafael Shimuk. Os participantes do Rally dos Sertões contam ainda com o caminhão oficial da Can-Am durante a prova, com suporte de peças para situações de emergência.

Vale destacar o investimento da marca canadense em ações sociais paralelas à prova, por meio do Projeto Ideia Fixa. As doações deste ano incluem 500 pastas com materiais, 300 peças de roupas infantis, 800 unidades de produtos de higiene pessoal e beleza e dois mil livros novos e brinquedos, entre outros itens. Para acessar o roteiro completo do Sertões 2014, clique aqui.

Confira as expectativas dos pilotos Can-Am para o Rally dos Sertões 2014:

Ernesto Jun, da equipe Can-Am, está a caminho do Rally dos Sertões - Foto:  Idário Café/Mundo Press

Ernesto Jun, da equipe Can-Am, está a caminho do Rally dos Sertões – Foto: Idário Café/Mundo Press


Categoria UTVs – Can-Am Maverick

Carlo Collet (São Paulo) – “Estou em contagem regressiva para a largada, com os equipamentos prontos e testados. O percurso deste ano está mais curto e as estratégias mudam completamente, espero uma prova dura e extremamente disputada”.

Bruno Sperancini (Minas Gerais) – “Estou tranquilo com relação à qualidade do trabalho da equipe e muito confortável com a confiabilidade do Can-Am Maverick. Vamos correr para brigar pelo título, temos de ser rápidos e consistentes, mas sem cometer erros. Conheço muito bem o trecho da Chapada Diamantina, em Minas Gerais, onde é preciso ter atenção redobrada com pedras cortantes e abismos. Todos os competidores são experientes e a disputa será muito dura”.

Rodrigo Varela (São Paulo) – “Ficamos próximos de vencer o Sertões no ano passado, quando estreamos em segundo lugar na categoria. Temos muito chão pela frente e o ritmo deste ano vai mudar, ainda mais pelos trechos travados em Minas Gerais. A prova será novidade para todos, um verdadeiro teste de resistência, e o Maverick foi feito para isso”.

Deninho Casarini (São Paulo) – “Sou novato no Rally dos Sertões e a ansiedade está a mil, todo mundo que está envolvido com a modalidade sonha em encarar esta prova. Fizemos uma ótima preparação no carro, que tem muita resistência, e a corrida é longa. Precisarei conter o ímpeto de acelerar o tempo todo, o meu estilo de pilotagem é agressivo e será fundamental ser conservador em alguns momentos para seguir adiante”.

Lucas Barroso e Lauro Sobreira, da equipe Can-Am, estão a caminho do Rally dos Sertões - Foto: Idário Café/Mundo Press

Lucas Barroso e Lauro Sobreira, da equipe Can-Am, estão a caminho do Rally dos Sertões – Foto: Idário Café/Mundo Press

Lucas Barroso (Ceará) – “A expectativa é grande para a largada, correr o Rally dos Sertões será a realização de um sonho. O objetivo principal é completar o maior rali do Brasil. Estou bastante adaptado ao Can-Am Maverick, o que traz mais tranquilidade para o desafio”.

Categoria Quadriciclos – Can-Am Renegade

Gabriel Varela (São Paulo) – “Estou contando os dias para acelerar, treinei bastante navegação e com o quadriciclo. O Renegade irá me ajudar muito no desafio, já que a função 4×4 garante mais conforto para enfrentar as pedras e obstáculos do caminho”.

Ernesto Jun (São Paulo) – “Consegui bons resultados na temporada e quero fazer uma prova tranquila, mas acelerando forte no grupo dos ponteiros. A categoria está disputada e haverá novidades, principalmente na passagem por Minas Gerais, com bastante serra e pedras”.

Deninho Casarini e Eduardo Shiga, da equipe Can-Am, estão a caminho do Rally dos Sertões - Foto:  Idário Café/Mundo Press

Deninho Casarini e Eduardo Shiga, da equipe Can-Am, estão a caminho do Rally dos Sertões – Foto: Idário Café/Mundo Press

Sobre a BRP – A Bombardier Recreational Products Inc (BRP) é uma empresa privada, líder mundial em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e marketing de veículos recreativos motorizados. Seu portfólio de marcas e produtos inclui: snowmobiles Ski-Doo e Lynx, motos aquáticas Sea Doo, motores de popa Evinrude, veículos ATV, Side-by-Side e roadsters Can-Am e também motores Rotax. Os produtos da BRP são distribuídos em mais de 100 países.

www.brp.com
 

Print Friendly
Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Jornal Mais Offroad. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.